Belaventura: Resumos dos capítulos de 25 a 28 de julho

Captura-de-Tela-2017-06-13-às-23.07.54.pngConfira os resumo dos capítulos da semana

Belaventura- Record, 19h30

Terça, 25 de julho
Enrico está sobre um pedestal, envolto por alguns servos, que ajustam um traje de festa para ele. A duquesa Vitoriana, sua mãe o observa, ao lado de Carmona, sua irmã. No campo, Pietra sorri ao notar uma borboleta pousar em sua mão. Corinto dá boas vindas ao reino de Belaventura e diz que depois de várias guerras, será o dia de conhecer o rei. Pietra pede à sua mãe Lucy para ver o festejo, mas ela não permite. O Mestre e Cedric chegam ao castelo Valedo e são recebidos por Marion e o Conde Severo. Fernão entrega a Severo uma grande lança de madeira. Fernão retira da algibeira uma ponta de ferro e orienta onde Severo deve atingir o duque Otoniel durante a competição. Severo trama com Fernão uma forma de ninguém perceber a fraude da ponta da lança. Pietra chega com sua mãe Lucy na arena. Corinto apresenta Otoniel para o público que vibra na arena. Mistral conduz o cavalo com o jovem Enrico para dentro da arena. Pietra fica encantada ao ver Enrico. Pietra corre na arena e Enrico corre em sua direção para não ser pisoteada por algum cavaleiro. Pietra como retribuição, entrega a Enrico um cordão de pedra que usa.
Severo entra na arena, também pomposamente vestido, com sua armadura. Fernão com ele, como escudeiro. Na vila, Bartolion avista alguns cavaleiros de Severo e estranha. Otoniel e Severo estão prontos para o combate. Severo acerta em cheio o pescoço de Otoniel que cai do cavalo. Eles se enfrentam novamente e os dois caem ao chão. Corinto não sabe o que anunciar. Severo se levanta e é aclamado pelo público. Otoniel se levanta com dificuldade e é aplaudido pelo Mestre da Ordem. Pietra foge e ao longe vê sua mãe Lucy sendo levada por Cedric. Vitoriana passa mal e desmaia. Numa passagem de tempo, Enrico já adulto, está diante do túmulo de sua mãe. Severo está foragido numa floresta. Paris leva sua sobrinha Tamar até Otoniel no castelo. Otoniel pede a Mistral que chame Enrico para conhecer sua futura noiva. Pietra está na floresta recolhendo lenha. Accalon chega e a surpreende. Próximo dali, Enrico é aconselhado por Bartolion a voltar para o castelo e assumir seu lugar. Pietra é levada em cima da carroça em movimento e pede por socorro. Enrico surge e grita para libertar Pietra. Pietra golpeia o homem com a carroça em movimento. Pietra cai no chão e fica desacordada. Enrico se aproxima e tenta acordá-la. Enrico se surpreende com a beleza de Pietra.

Quarta, 26 de julho
Enrico está surpreso diante de Pietra, que fica um tanto confusa. Accalon aparece e quer levar Pietra com ele, mas Enrico impede. Jacques analisa um mapa do reino de Belaventura, diante de Otoniel, Cedric e Mistral. Jacques tenta provar que o mapa é de inimigos que querem invadir o reino. Na floresta, Severo está furioso diante de uma preocupada Leocádia que pede que ele esqueça a vingança contra Otoniel. Severo está bastante nervoso com Marion e pede que ela admita que envenenou Vitoriana. Marion nega e eles discutem. Otoniel chega e manda prender Severo e Marion. Enrico luta com Accalon e Pietra se assusta. Enrico consegue fugir com Pietra. Tiana conversa com Joniel e não consegue disfarçar o abalo de ter tido seu filho roubado, mesmo depois de tantos anos. Gonzalo chega na taverna de Falstaff. Tácitus está jogando quando chega sua mãe Matriona e dá uma panelada nele e o manda para casa.
Polentina se oferece para ajudar e Matriona responde com grosseria. Otoniel desconfia de Jacques e comenta com Cedric que ele não é confiável. Otoniel observa Vitoriana sendo cuidada por Merlino. Vitoriana não resiste e morre. Carmona e Lizabeta se vestem com trajes de festas. Pietra entra em casa, suja e cansada. Jacques entra no Castelo Valedo, observa a espada de Severo e fala para si mesmo que devolverá a honra à sua família. Gonzalo entra no castelo e encontra com Brione por quem é apaixonado e os dois se beijam. Enrico observa uma bela vestimenta feita para ele, mas recusa usar. Carmona diz que foi um pedido especial do pai. Otoniel entra e os dois se encaram. Enrico discute com Otoniel. Otoniel abre os braços para um abraço e Enrico recusa. Enrico se aproxima devagar e abraça o pai. Otoniel desmaia nos braços de Enrico.

Quinta, 27 de julho
Pietra segura uma barra de ferro diante de Biniek, que tem a caixa com os pertences de Lucy nas mãos. Pietra pede a Biniek que devolva a caixa. Enrico, Lizabeta e Carmona, muito nervosos, tentam amparar Otoniel que está desmaiado. Otoniel desperta e percebe os olhares de preocupação. Cedric encara Bartolion, com raiva. Mistral observa, satisfeito. Jacques aparece furioso com a espada encostada em Gonzalo. Brione pede para eles pararem. Gonzalo ameaçado diz que quer tomar Brione por esposa. Brione reage, surpresa. Gonzalo dá um beijo em Brione e logo vai embora, deixando Jacques no chão, furioso. Accalon chega a estalagem e quer se hospedar por lá. Quixote e Matriona aceitam e lhe dão uma chave para guardar suas coisas no baú. Cedric pede a Nodier, seu sobrinho, que seduza Carmona para que fique mais perto do rei. Brione conta à Marion que está apaixonada por Gonzalo e conta como se conheceram.
Alguns convidados já estão no salão do castelo de Belaventura. Elia comenta com Mistral que o rei não participará da festa. Elia conta sobre a suspeita de invasão do castelo. Cedric orienta os cavaleiros para ficarem atentos a qualquer movimentação estranha. Jacque afronta Cedric ao dizer que pelos fundos do castelo qualquer um poderia entrar. Jacque diz que ele será o homem que ganhará a confiança do rei e se tornará o comandante da guarda. Biniek oferece Pietra para alguns homens. Pietra consegue fugir e levar consigo a caixa. Pietra corre pela mata e encontra dois bufões e pede para a tirarem dali. Eles aceitam e pedem que ela os ajude em troca. Os arautos tocam as trombetas anunciando a entrada da família real. Corinto se coloca num ponto de destaque do salão. Enrico adentra o salão vestindo um traje festivo e chama a atenção de todos. Ele usa o colar de Pietra.

Sexta, 28 de julho
Enrico se junta a suas irmãs Carmona e Lizabeta. Lizabeta diz que Enrico está deslumbrante. Enrico se desculpa com Paris por não ter comparecido no encontro com Tamar. Tamar faz reverência e Enrico beija a mão dela. Na fronteira do reino, Severo se oferece aos cavaleiros para seguir com eles. Severo é reconhecido como o conde de Valedo que está foragido e é cercado. Marion e Fernão se beijam na cama, calorosamente. Brione diz à Laurinda que vai se casar com Gonzalo e que sua mãe não a entende. Gonzalo também confessa à Tiana que não desistirá de seu amor. Nodier se aproxima de Carmona com Cedric e beija sua mão. Tácitus está por ali e olha para Carmona de cima para baixo, ela percebe. Enrico diz a Mistral que está intrigado com a presença de Jacques no castelo. Mistral diz que é um voto de confiança do rei. Severo tenta convencer os cavaleiros a se juntarem a ele para tomar Belaventura, porém os cavaleiros dizem que foram contratados por outra pessoa para fazer o mesmo e Severo se surpreende.
Enrico está desconfiado que algo de estranho ronda o castelo e que Mistral e Bartolion escondem o que está para acontecer. Solimara está nervosa porque todas as facas sumiram da cozinha. Os bufões chegam com Pietra vestida num bonito traje e nas mãos a caixa da mãe. Enrico não fica à vontade enquanto dança com Tamar. Todos estão dançando no salão do castelo quando Pietra entra e fica completamente extasiada. Ela não vê rosto de Enrico.
Na fronteira do reino, Severo luta contra os cavaleiros de Belaventura. Enrico discute com Otoniel. A apresentação dos bufões acaba e Lizabeta pede para que Pietra fique. Jacques grita para que ninguém saia do castelo e todos se assustam. Jacques lança um punhal no homem que estava próximo de Carmona. O homem mesmo ferido transforma Carmona em refém. Após discutir com o pai, Enrico deixa o local usando apenas calça e uma camisa simples. Enrico é encapuzado. Otoniel chega e salva Enrico que pretende recuperar a espada e salvar suas irmãs. Otoniel diz a Enrico para voltar para o quarto e se proteger. Carmona está apavorada com o punhal no pescoço. Otoniel se oferece no lugar da filha e todos se espantam. Pietra aproveita e corre dali. No meio do salão, outros homens tiram suas facas das roupas e fazem mais reféns. Otoniel é cercado. Pietra se esconde quando é surpreendida por um homem com uma espada e ela pede que não a machuque. É quando ela reconhece que é Enrico, no espanto dos dois.

Os resumos dos capítulos são disponibilizados pelas emissoras e estão sujeitos a mudanças em função da edição das novelas.

Me siga no Twitter: @beraldotv

Me siga no Instagram: @beraldotv

Curta uma página do Portal 4 no Facebook, clique aqui

A Escrava Isaura: Resumos dos capítulos de 17 a 21 de julho

a-escrava-mae-logo‘A Escrava Isaura’ – Record – 19h30. Confira os resumos dos capítulos da semana:

Segunda, 17 de julho
Branca se sente vitoriosa com seu plano bem executado e diz à sua mãe que teve ajuda de Rosa. Bernardo mostra para Moleca os diamantes brutos tirados do quilombo. Gabriel se declara para Perpétua e a beija. Pedrinho bate com uma madeira em Belchior e foge com Maria. O comandante diz a Álvaro que vai encerrar as investigações. Miguel lhe conta sobre a carta de Martinho e pede que o comandante averigue o fato. Perpétua escuta berros de crianças. Pedrinho conta a André sobre os dois defuntos na casa abandonada. André sai para conferir o ocorrido e Perpétua manda uma mensagem para a polícia. Álvaro conta à Isaura o que Branca aprontou. Isaura começa a chorar. O comandante recebe o aviso das mortes. Álvaro, Tomásia e Miguel também são avisados. Belchior chega na fazenda. Branca mostra um vidro de veneno para sua mãe. Estela fica chocada. Branca resolve envenenar Isaura.
Belchior sente-se pressionado com as perguntas de Perpétua e foge. Gabriel quer ir atrás dele, mas cai da cadeira. Álvaro conta à Isaura sobre os novos assassinatos. Isaura passa a acreditar nas palavras de Álvaro sobre o ocorrido com Branca. André e João vão atrás de Belchior. Diogo visita Helena. Aurora e Henrique fazem as pazes. O comandante vai até a fazenda do Coronel Sebastião. Branca encontra Isaura na prisão e a ameaça de morte. Rosauro traz comida para Isaura. Branca o despista e coloca veneno na comida. Geraldo beija Malvina com ardor e diz que deseja tê-la. O comandante suspeita de Álvaro e Miguel. Rosa se lembra de uma conversa com Leôncio sobre as pessoas que ela não gosta. Isaura se contorce de dor e grita para os guardas.

Terça, 18 de julho
O Comandante vai até à fazenda do Coronel. Branca encontra Isaura na prisão e ameaça-a de morte. Rosauro leva comida para Isaura. Branca despista-o e coloca veneno na comida. Isaura janta sem saber. Geraldo beija Malvina com ardor e diz que deseja tê-la. O Comandante suspeita de Álvaro e Miguel. Acredita que eles querem inocentar Isaura. Rosa lembra-se de uma conversa com Leôncio sobre as pessoas que ela não gosta. Isaura contorce-se com dores e grita para os guardas.

Quarta, 19 de julho
Rosauro ajuda Isaura que diz ter sido envenenada. Álvaro sente uma dor no peito, mas passa-lhe. Rosa fica irritada com as acusações de Joaquina e João. Belchior conversa com uma flor presa numa árvore e diz que corre risco de vida. Comandante conversa com o Cel. Sebastião. Rosauro pede ajuda a Isaura. Branca conta à sua mãe que envenenou Isaura. Tomásia recebe a notícia do envenenamento de Isaura. Cel. Sebastião também recebe a notícia. O Comandante volta para a cadeia. Diogo sai logo em seguida. João avisa Álvaro sobre o estado de Isaura. Diogo examina Isaura e diz ao policia que precisa tirá-la de lá. O Comandante proíbe. Diogo coloca ventosas nas costas de Isaura. Rosauro comenta sobre a visita de uma bela rapariga na cadeia. Preocupado com Isaura, Álvaro diz ter matado Leôncio. Isaura é libertada e Álvaro preso. Rosa diz a André que provavelmente foi Branca que envenenou Isaura. Belchior lembra-se das maldades de Leôncio. Francisco procura Belchior para que ele lhe conte tudo o que sabe. Francisco tem uma arma na mão. Bernardo avisa que o quilombo será atacado. Álvaro diz ao Comandante que mentiu. O policial irrita-se e diz que ele será condenado mesmo assim.

Quinta, 20 de julho
O Coronel Sebastião e Malvina, resolvem ir ao encontro do capitão do mato, que diz saber quem é o verdadeiro assassino de Leôncio. Os quilombolas comemoram com uma festa, a sorte no garimpo. Martinho e Raimundo são surpreendidos na cabana abandonada, por alguém que atira contra eles, matando-os. O Comandante Santana não aceita a carta anónima recebida por Tomásia, como prova da inocência de Isaura. Álvaro pede que Rosa escreva o seu nome num papel, para comparar a caligrafia com a da carta anónima. Rosa surpreende Belchior munido de uma faca e diz estar com medo de que alguém lhe faça mal. Helena estranha o nervosismo do seu pai e Malvina, quando chegam a casa. Sinhá Joaquina e João contam a Álvaro, a atitude violenta do senhor Belchior contra André. Aurora discute com Henrique, por achar que ele ainda ama Isaura. Álvaro vai para o seu quarto e bebe a água com sonífero da moringa. Branca já na fazenda de Álvaro, relembra como tudo aconteceu entre ela e Leôncio. Álvaro vê Branca entrar no quarto e entorpecido com o sonífero, acredita que ela é Isaura. Diante dos corpos de Martinho e Raimundo, Francisco jura que fará com que Belchior lhe conte tudo o que sabe sobre a morte do ex-patrão.

Sexta,21 de julho
Malvina chora ao lembrar-se de Leôncio. Álvaro suspeita que Rosa foi quem ajudou Branca a entrar na fazenda. Pedrinho e Maria muito assustados com o senhor Belchior, escapam e correm pedindo socorro. Álvaro toma conhecimento da carta do senhor Martinho e acompanha a Condessa e o senhor Miguel até a esquadra. O Comandante Teobaldo Santana informa que já deu por encerrada, a investigação do crime de Leôncio. Mas diante da informação sobre a carta do capitão do mato, resolve ir até à casa do Coronel Cunha, para averiguar se existe mesmo a mensagem.

Os resumos dos capítulos são disponibilizados pelas emissoras e estão sujeitos a mudanças em função da edição das novelas.

Me siga no Twitter: @beraldotv

Me siga no Instagram: @beraldotv

Curta uma página do Portal 4 no Facebook, clique aqui

.

A Escrava Isaura: Resumos dos capítulos de 10 a 14 de julho

2600x800-lifestyle-escrava_isauraConfira os resumos dos capítulos da semana:

Segunda, 10 de julho
Isaura lamenta para Malvina que provavelmente ela será condenada, mesmo sendo inocente. Flor de Lis aparece na delegacia para ver o sargento. Ao ver Henrique, pede para seu amado que o prenda. Malvina se acalma e pede desculpas para Isaura, dizendo-lhe que ela realmente não é culpada. Tomásia e Miguel vão ao local do crime tentar descobrir alguma pista. Álvaro suspeita que Malvina seja a culpada. Bernardo decide levar os quilombolas para o garimpo como forma de assegurar seu terreno de trabalho e renda. João e Joaquina pressionam Belchior, que se irrita com uma raiva monstruosa. João começa a suspeitar dele. André e Rosa são interrogados pelo comandante Santana. Rosa se contradiz diante do sargento e do comandante. Miguel suspeita que Belchior possa estar sendo ameaçado pelo assassino.
Cel. Sebastião sai para falar com Serafina sobre seu depoimento a favor de Helena. Geraldo questiona Malvina sobre a morte de Leôncio. Malvina nega ser culpada. Branca sente dores na barriga. Estela quer chamar Diogo, mas Branca não deixa. Rosa não quer saber de Isaura. Ela acredita que sua carta de alforria não existirá mais. Gabriel confessa a sua mãe que possui um verdadeiro afeto por Perpétua e que é correspondido por ela também. Gioconda é contra o amor dos dois. Álvaro e André conversam sobre o assassinato. Álvaro desconfia de André, pois, na verdade, eles não estiveram sempre juntos.

Terça, 11 de julho
Álvaro tenta acreditar na inocência de André. Diogo não consegue falar com uma das vítimas do Dr. Paulo para testemunhar a favor de Helena. Cel. Sebastião encontra Serafina e Margarida na rua. Não resiste e lhes implora os testemunhos contra o Dr. Paulo. Álvaro avisa Isaura que ele e Geraldo irão começar a ler os depoimentos dos suspeitos para tentar descobrir o verdadeiro assassino de Leôncio. Rosa fala para o sargento que Belchior não quer depor. Henrique encontra Geraldo beijando Malvina e não os reprovam. Tomásia acha uma garrafa de rum e um fio de cabelo branco na casa abandonada. Martinho e Francisco observam Miguel e Tomásia de longe. O sargento sai atrás de Belchior. Bernardo anuncia aos quilombolas que o garimpo pertence a eles também. A polícia chega na fazenda. Belchior se desespera. Gioconda pede à Tomásia que retire Álvaro e Perpétua de sua casa. Pedrinho conta para Álvaro o ocorrido sobre Perpétua. Helena teme ser morta. Isaura a consola. Belchior conversa com o comandante.

Quarta, 12 de julho
Belchior conta ao comandante como Isaura foi raptada. Álvaro chega no meio da confusão entre Gioconda e Gabriel. Ao perceber que sua mãe está encabulada com a situação, ele decide ir para sua fazenda. Francisco pede que Raimundo tente descobrir algo sobre as investigações. Álvaro fica curioso sobre o suposto romance entre Gabriel e sua mãe. O comandante diz a Belchior que ele está protegendo Isaura por ela ser a verdadeira culpada pelo assassinato de Leôncio. Álvaro acalma sua mãe dizendo que faz muito gosto da relação entre ela e Gabriel. Bernardo sai para o garimpo com os quilombolas. Cel. Sebastião fica preocupado com o julgamento de Helena. Geraldo busca Helena. Martinho vai até a fazenda conversar com Belchior sobre a morte de Leôncio. Rosa tenta ouvir a conversa dos dois. Branca pensa colocar sonífero para Álvaro dormir ao lado dela. Tomásia e Miguel recebem um bilhete anônimo ameaçando-os de morte caso continuem investigando a morte de Leôncio.

Quinta, 13 de julho
Começa o julgamento de Helena. Álvaro jura fidelidade a Isaura. Martinho confessa a Belchior que não sabia nada sobre a morte de seu chefe, mas agora descobriu tudo. Belchior se apavora. Rosa diz a André que não conseguiu ouvir toda a conversa entre Martinho e Belchior. O Comandante Santana pede para que Isaura confesse seu crime. Perpétua lê uma história para Pedrinho e Maria. Cel. Sebastião testemunha a favor de sua filha. Joaquina desconfia que Rosa saiba quem é o assassino. Estela pergunta à Branca onde ela esteve no dia em que Leôncio morreu. Diogo testemunha. Martinho conta para Raimundo quem matou Leôncio. Tomásia testemunha, mas o juiz não aceita suas declarações. Isaura quer ver Belchior.

Sexta, 14 de julho
Álvaro tenta, mais uma vez, convencer Isaura a assumir o crime. Serafina é impedida de dar depoimento. Raimundo e Martinho planejam arrancar dinheiro de Belchior. André tenta descobrir o que Rosa sabe sobre a morte de Leôncio. O promotor pede a condenação de Helena. Belchior fica desesperado por ter sido enganado por Martinho. Geraldo apresenta a defesa de Helena. Eugênia depõe e conta que Dr. Paulo tentou matá-la. Gabriel rouba um beijo de Perpétua. Helena é absolvida. Bêbado, Belchior ameaça matar João e Joaquina. Branca paga Rosa para deixá-la entrar na casa de Álvaro. Martinho manda um recado à Malvina dizendo que sabe quem matou Leôncio. Miguel recebe uma carta de ameaça.

Os resumos dos capítulos são disponibilizados pelas emissoras e estão sujeitos a mudanças em função da edição das novelas.

Me siga no Twitter: @beraldotv

Me siga no Instagram: @beraldotv

Curta uma página do Portal 4 no Facebook, clique aqui

A Escrava Isaura: Resumos dos capítulos de 03 a 07 de julho

a-escrava-isaura-record-2gd1

Confira os resumos dos capítulos da semana:

Segunda, 03 de julho
O sargento chega na fazenda e diz a Joaquina que será uma questão de honra prender Leôncio. Miguel e Tomásia saem de carruagem atrás de Isaura. Leôncio ameaça Isaura com uma faca caso ela não se cale. Leôncio começa a usar a faca para rasgar o vestido de Isaura. Isaura consegue soltar suas mãos. Ao seu lado, vê um pedaço de madeira. Na mesma hora, ela o pega e acerta na cabeça de Leôncio, que desmaia. Isaura procura nos bolsos dele a chave do cadeado. Mesmo com as mãos tremendo, pega as chaves e solta os grilhões de ferro. Depois, pega a faca de Leôncio e corta as amarras dos pés e sua mordaça. Subitamente, Leôncio acorda. Desesperada, Isaura dá uma facada na mão dele, que grita de dor. Serafina vai até a casa do Cel. Sebastião dizer que agora não é mais uma rameira. Ele deve decidir com quem irá se casar. O coronel escolhe Gioconda.
Isaura foge pela mata. Leôncio sai atrás dela e a alcança. Para detê-la, ele a sufoca. Isaura desmaia. Leôncio beija Isaura, que ainda está desacordada. Tomásia ampara Miguel, que está muito nervoso e desesperado pelo rapto de sua filha. Henrique decide ir atrás de Isaura. Rosa e Joaquina estão rezando quando, de repente, uma ideia surge. Rosa se lembra que existe uma casa abandonada na fazenda. Leôncio pode ter levado Isaura para lá. Sebastião suspeita do mesmo lugar que Rosa e sai para ajudar Isaura. Malvina pega uma arma e vai atrás de seu pai. André diz a Álvaro que há uma possibilidade de Isaura estar presa em uma cabana de caça do comendador. Joaquina avisa Miguel e Tomásia sobre o que ela ficou sabendo. Eles saem apressados. João também desconfia da cabana. Ele e o sargento vão na direção certa.
Branca se diverte com a situação de Isaura. Leôncio chora aos pés de Isaura, que está desmaiada. De repente, um barulho surge atrás de Leôncio. Com um golpe rápido, uma faca entra pelo corpo dele. Joaquina reza por Isaura. Leôncio cai morto ao lado de Isaura, que tenta tirar a faca do peito do seu ex-senhor. O sargento chega e encontra Isaura com uma faca ensanguentada nas mãos. Na mesma hora, dá ordem de prisão a ela. Álvaro chega na cabana e vê Isaura. Chegam também no local Miguel, Tomásia, Cel. Sebastião, Henrique, Geraldo, Malvina, Belchior, Rosa, André e João. O sargento pede a todos que compareçam na delegacia. João levanta a dúvida: quem realmente matou Leôncio?

Terça, 04 de julho
Malvina chora a morte de Leôncio. João desconfia de André. O Sargento lê a carta em que Helena confessa que matou o Dr. Paulo. Joaquina chora pela morte de Leôncio. Rosa e Joaquina acham que Belchior sabe quem matou Leôncio. André e João levam o corpo de Leôncio para a charrete. Isaura fica triste com a sua prisão. O Sargento recebe a ordem de prisão para Helena e outra para Isaura. O juiz manda soltar Diogo. Aurora consola Helena. O Sargento não cede aos apelos de Álvaro e manda levar Isaura para cela. Álvaro faz companhia a Isaura, na cadeia. Helena despede-se de Diogo antes de ser presa. Álvaro e Isaura pensam nos suspeitos. Belchior vai a pedido de Malvina perguntar a Álvaro se pode enterrar Leôncio na fazenda. Sebastião quer que o enterro seja breve. André e João negam-se a ir ao enterro. Leôncio é sepultado. Branca fica feliz com a prisão de Isaura. Helena presta depoimento. Helena encontra Isaura na cela. Francisco ameaça vingar a morte de Leôncio.

Quarta, 05 de julho
Rosa cobra a carta de alforria a Sebastião. Isaura e Helena conversam. Aurora conta a Sebastião que Helena foi presa. Malvina desconfia que Sebastião matou Leôncio. Gabriel com a ajuda de Perpétua consegue mexer a perna. Pedrinho conta a Perpétua e Gabriel sobre a morte de Leôncio e a prisão de Isaura. Rosa diz que desconfia de Belchior. João e Joaquina colocam Rosa contra a parede. Gioconda declara a sua desconfiança em Tomásia. Sebastião diz que Malvina também é suspeita. Belchior diz que não vai esquecer a cara que Leôncio fez quando levou as facadas, o que aumentam as suspeitas sobre ele. Rosa e André desconfiam um do outro. Álvaro pensa com tristeza em Isaura. Geraldo sugere a Isaura que assuma o crime, mas ela nega-se a mentir. Sebastião tem um pesadelo com Leôncio. Isaura e Helena ficam desconfiadas com a sugestão de Geraldo.

Quinta, 06 de julho
Álvaro decide investigar o assassinato de Leôncio. Tomásia e Miguel também tentam investigar, para salvar Isaura. Álvaro desconfia de Geraldo e Malvina. Isaura tem pesadelos com Leôncio. Aurora cobiça Henrique. Bernardo e Moleca chegam ao quilombo. Rosa continua desconfianda de Belchior. Francisco ameaça Belchior. Gabriel comemora os seus movimentos com as pernas. Sebastião vai a casa de Gioconda acertar os detalhes do seu casamento. Geraldo avisa Helena que o seu julgamento foi marcado. André aponta uma arma a Francisco e expulsa-o da fazenda. Gioconda avisa Sebastião de que ele é suspeito. Álvaro presta depoimento e visita Isaura.

Sexta, 07 de julho
Álvaro tenta fazer Isaura lembrar-se de alguma coisa referente à morte de Leôncio. O Sargento diz que Tomásia é uma forte suspeita. Malvina lamenta a morte de Leôncio. Para mudar de assunto, Henrique conta a Malvina que Aurora aceitou o seu pedido de casamento. Miguel fica indignado com a acusação do Sargento. Álvaro desfaz a idéia de que André seja o assassino, pois ele esteve ao seu lado todo o tempo. Cel. Sebastião vai depor na Delegacia. Gioconda olha as mãos de Perpétua e Gabriel entrelaçadas. Fica surpresa e sai da sala. Moleca decide criar Basílio como seu filho. Bernardo concorda e promete-lhe encontrar a sua mãe que um dia foi levada do quilombo. Tomásia pressiona Belchior para que ele conte tudo sobre o que viu no dia da morte de Leôncio. André sai para falar com o Sargento. Cel. Sebastião diz ao Sargento que ouviu gritos e logo depois viu Belchior sair a correr em direção à mata. O Sargento acredita que o Coronel esconde ainda algo sobre os acontecimentos. Tomásia e Miguel desconfiam de Belchior. Rosa e André também. Após o seu depoimento, o Cel. Sebastião tenta acalmar Helena para o julgamento. Malvina é interrogada e diz que tem um álibe: Geraldo. Conta que o rapaz esteve ao seu lado todo o tempo. Malvina depõe e logo depois sai para ver Helena. Henrique começa a depor. O Sargento diz-lhe que também é um suspeito, visto que também desejava a morte do senhor Leôncio. Malvina acusa Isaura alegando que quando uma mulher perde a cabeça é capaz de fazer qualquer coisa. E alerta-a que se uma delas tiver de ser condenada que seja Isaura e não ela.

Os resumos dos capítulos são disponibilizados pelas emissoras e estão sujeitos a mudanças em função da edição das novelas.

Me siga no Twitter: @beraldotv

Me siga no Instagram: @beraldotv

Curta uma página do Portal 4 no Facebook, clique aqui

Paloma Duarte perde ação contra RecordTV e tenta retorno à TV Globo

Paloma-Duarte-e1446835319922A atriz Paloma Duarte perdeu em primeiro julgamento de uma ação trabalhista movida à Record TV. Ela atuou em cinco novelas produzidas pela emissora, no período em que foi contratada entre 2006 e 2013.

No processo, segundo informações publicadas pelo jornalista Daniel Castro, do site Notícias da TV, do (UOL), Paloma afirmou que, ao negociar com a emissora, em 2005, não sabia que seria contratada como pessoa jurídica, que imaginava que seria admitida como uma funcionária comum, com registro em carteira profissional. Argumentou que, quando ficou sabendo dessa condição, não dava mais tempo de voltar atrás em sua decisão.

A Justiça Trabalhista também rejeitou outra reivindicação de Paloma, a do pagamento de direitos conexos pela exibição e reprise das obras em que atuou.

Paloma deixou a Record TV em junho de 2015. Desde então,  vem tentando retornar  à TV Globo. Segundo a rádio corredor ela estaria reservada para O Sétimo Guardião, de Aguinaldo Silva. Antes, poderá ser vista numa série do MultiShow, do grupo GloboSat.

Me siga no Twitter: @beraldotv

Me siga no Instagram: @beraldotv

Curta uma página do Portal 4 no Facebook, clique aqui

 

A Escrava Isaura: Resumos dos capítulos de 26 a 30 de junho

a-escrava-mae-logoConfira os resumos dos capítulos da semana:

Segunda, 26 de junho
Rosa se insinua para Álvaro e diz que ele vai ser infeliz com Isaura. Leôncio manda reunir homens para raptar Isaura. Rosa implica com Pedrinho. O sargento acredita no depoimento de Diogo e sai em busca de Leôncio. Sebastião pensa nas propostas de Gioconda. Helena quer confessar que matou Paulo. Serafina chora pelo roubo de suas joias. Isaura toca piano para Álvaro. Miguel e Tomásia fazem planos para o casamento. Rosa mente para Belchior dizendo que beijou Álvaro e manda contar isso à Isaura. Branca diz à Estela que vai contratar um pistoleiro para matar Isaura. Henrique cobra Aurora sobre a proposta de casamento. Raimundo diz ao sargento que Leôncio está escondido na mata. Leôncio é preso, mas não encontram as joias de Serafina. Perpétua faz exercícios para que Gabriel volte a andar. O sargento tortura Leôncio com socos e pontapés para saber onde estão as joias de Serafina.

Terça, 27 de junho
O sargento continua a bater em Leôncio. Todos se arrumam para o casamento de Miguel. Tomásia visita Diogo na cadeia e discute com Leôncio. Martinho e Francisco planejam libertar Leôncio. Serafina recebe carta de Violeta. Helena pede para Sebastião levá-la para visitar Diogo. Serafina decide fechar o bordel. Todos chegam para o casamento. Malvina chega com Helena e Sebastião na cadeia, mas desiste quando descobre que Leôncio está preso. Leôncio enfrenta Sebastião e Helena. Isaura e Álvaro fazem planos. O juiz nega o pedido de liberdade para Leôncio. Geraldo está ansioso pela chegada de Malvina. Belchior conta a João e Joaquina o que Rosa disse sobre Álvaro. Branca que ir ao casamento. Álvaro e Isaura recebem a notícia que Leôncio está preso. Gabriel se declara para Perpétua. Sebastião aceita as condições de Gioconda que manda marcar o casamento. Começa o casamento de Miguel e Tomásia. O sargento ameaça Leôncio.

Quarta, 28 de junho
Leôncio, com medo, pede para o sargento parar com a surra. As flores de Serafina estão tristes com o fechamento do bordel. Malvina conversa com Geraldo. Martinho e Francisco planejam libertar Leôncio à noite. Álvaro diz a Isaura que eles se casarão em dois dias. Belchior conta para André as intrigas de Rosa. Rosa exige de Sebastião sua alforria. Álvaro discute com Rosa. O sargento deixa Leôncio sem comida e Diogo lhe dá os restos de seu jantar. Bernardo pede para Henrique tomar conta da pensão enquanto ele vai ao quilombo. Isaura e Álvaro sugerem a Sebastião a compra de Rosa. André tira satisfações com Rosa. André chama Álvaro para conversar sobre as intrigas de Rosa. Isaura volta para sua fazenda. O sargento vai a festa de Serafina. Martinho dá a bebida com sonífero para os guardas que dormem. Martinho liberta Leôncio.

Quinta, 29 de junho
Francisco tira Leôncio da cadeia escondido. Leôncio pede uma arma para matar Diogo. Leôncio sai para raptar sua amada. Isaura não acredita nas intrigas de Rosa. Joaquina diz que irá preparar um banquete para Álvaro e Isaura. Serafina decide transformar o bordel em um orfanato para crianças rejeitadas. Margarida diz que vai voltar para o castelo de dona Genivalda. Já Flor de Lis não sabe para onde ir. Na mesma hora, o sargento resolve alugar um quarto na pensão para ela e aproveita para dizer que percebeu gostar muito dela. Belchior sai para ir a festa na casa de Serafina. Tomásia tem um pesadelo e acorda assustada. Diogo acorda e percebe que Leôncio fugiu. Começa a gritar pelos guardas, mas eles não aparecem. Geraldo conta a Branca sobre o casamento de Álvaro.
Isaura conta à Rosa que deseja comprá-la de seu pai para lhe dar a alforria. Rosa se emociona e pede perdão à Isaura. Isaura sai para passear e encontra um filhote de cachorro. Encantada com o animal, não percebe que Leôncio chega por trás dela com uma arma. Ele tapa a boca de Isaura com a mão e aponta a arma para seu rosto. Belchior aparece. Leôncio dá uma coronhada com força na cabeça dele. O sargento chega na prisão e encontra todos seus guardas dormindo. Diogo diz ao Sargento que ele deve avisar a todos sobre a fuga de Leôncio. Rosa conta a André que pediu perdão à Isaura. Joaquina estranha a demora de Isaura. Álvaro chega sem sua noiva. Todos ficam preocupados. Belchior grita por socorro. Álvaro escuta e descobre que Leôncio pegou Isaura. O sargento avisa Miguel sobre a fuga de Leôncio. Isaura é levada para uma casa abandonada. Leôncio diz a Isaura que vai possuí-la.

Sexta, 30 de junho
Leôncio prende Isaura. Francisco sai e os deixam sozinhos. Álvaro parte atrás de Isaura junto com os quilombolas e escravos libertos. Rosa reza por Isaura. O sargento chega na fazenda e diz a Joaquina que será uma questão de honra prender Leôncio. Miguel e Tomásia saem de carruagem atrás de Isaura. Helena visita Diogo na prisão. Isaura grita por socorro. Leôncio dá risadas e a avisa que ninguém poderá salvá-la. Leôncio ameaça Isaura com uma faca caso ela não se cale. Gioconda chega na casa do Cel. Sebastião e lhe conta sobre o rapto de Isaura. Leôncio começa a usar a faca para rasgar o vestido de Isaura. Helena escreve uma carta para o sargento contando a verdade sobre o assassinato do Dr. Paulo. Maria, amiga de Pedrinho, conta à Perpétua que Isaura foi levada por Leôncio. Gabriel se irrita e diz que a única forma de deter Leôncio é matando-o. Geraldo avisa Malvina que o resultado de sua petição na justiça saiu e que agora ela é oficialmente uma mulher separada.
Isaura consegue soltar suas mãos. Ao seu lado, vê um pedaço de madeira. Na mesma hora, ela o pega e acerta na cabeça de Leôncio, que desmaia. Isaura procura nos bolsos dele a chave do cadeado. Mesmo com as mãos tremendo, ela pega as chaves e solta os grilhões de ferro. Depois, pega a faca de Leôncio e corta as amarras dos pés e sua mordaça. Subitamente, Leôncio acorda. Desesperada, Isaura dá uma facada na mão dele, que grita de dor. Serafina vai até a casa do Cel. Sebastião dizer que agora não é mais uma rameira. Ele deve decidir com quem irá se casar. O Coronel escolhe Gioconda. Isaura foge pela mata. Leôncio sai atrás dela e a alcança. Para detê-la, ele a sufoca. Isaura desmaia.

Os resumos dos capítulos são disponibilizados pelas emissoras e estão sujeitos a mudanças em função da edição das novelas.

Me siga no Twitter: @beraldotv

Me siga no Instagram: @beraldotv

Curta uma página do Portal 4 no Facebook, clique aqui

.

A Escrava Isaura: Resumos dos capítulos de 19 a 23 de junho

a-escrava-mae-logoConfira os resumos dos capítulos da semana:

Segunda, 19 de junho
Leôncio vai embora à pé. Isaura recebe sua carta de alforria. Malvina se despede de todos. Leôncio implora que Malvina o leve para falar com Sebastião. Isaura e Álvaro expulsam Francisco e Raimundo da fazenda. André e Rosa se beijam. Os quilombolas chegam a fazenda para atacar. Malvina chega a fazenda de Sebastião acompanhada de Leôncio. Sebastião fica surpreso com a chegada de Leôncio. João chega a fazenda e recebe as boas notícias. Isaura dá a liberdade a todos os escravos da fazenda. Henrique dá um soco em Leôncio. Sebastião ameaça Leôncio com uma arma. Todos comemoram a liberdade de Isaura. Malvina pede para Sebastião ajudar Leôncio. Sebastião dá uma mísera mesada a Leôncio. Belchior leva o convite para o sarau de Isaura para Perpétua, Gioconda e Gabriel. Leôncio vai ao bordel. Sebastião, Henrique, Helena e Aurora se arrumam para o sarau. Malvina decide ir à festa comemorar. Leôncio diz a Serafina que quer seus serviços de graça. Branca se irrita com a liberdade de Isaura e ameaça matá-la. Todos festejam a liberdade de Isaura, menos Rosa, que está triste, e Belchior, que fica bêbado.

Terça, 20 de junho
Sebastião fica surpreso com a chegada de Leôncio. João chega à fazenda e recebe as boas notícias. Isaura dá a liberdade a todos os escravos da fazenda. Henrique dá um soco em Leôncio. Sebastião furioso ameaça Leôncio com uma arma. Todos comemoram a liberdade de Isaura. Os escravos festejam o lindu da liberdade. Malvina pede a Sebastião para ajudar Leôncio. Sebastião dá uma mísera mesada a Leôncio. Belchior leva o convite para o sarau de Isaura a Perpétua, Gioconda e Gabriel. Leôncio vai ao bordel. Sebastião, Henrique, Helena e Aurora arramjam-se para o sarau. Malvina decide ir à festa comemorar. Leôncio diz a Serafina que quer seus serviços de graça. Branca irrita-se com a liberdade de Isaura e ameaça matá-la. Todos festejam a liberdade de Isaura, menos Rosa que está triste e Belchior que fica bêbado. Leôncio diz a Francisco e Martinho que planeja matar Álvaro e sequestrar Isaura.

Quarta, 21 de junho
Leôncio conversa com Francisco sobre Isaura. Álvaro e Isaura recebem amigos e familiares na fazenda para celebrarem a liberdade dos escravos e a união do casal. Rosa fica aborrecida por continuar escrava e Isaura ter conseguido sua carta de alforria. Gioconda sente ciúmes do Cel. Sebastião com Perpétua. Leôncio pede a arma de Francisco emprestada. Isaura emociona-se ao tocar piano para os convidados. Rosa diz a Belchior que vai tentar conquistar Álvaro. Helena sente saudades de Diogo. Branca decide ir ao sarau de Isaura dizer que está grávida de Álvaro. Geraldo decide ser o advogado de Malvina na separação judicial dela com Leôncio. Rosa diz a Gioconda que o seu pai não a ama. Cel. Sebastião passa mal depois de ouvir desaforos de Rosa a seu respeito. Henrique sente ciúmes de Aurora com Álvaro. Belchior pede conselhos ao Cel. Sebastião para conseguir conquistar mulheres. Tomásia teme que Leôncio apronte algo. Francisco vende a sua arma a Leôncio. Tomásia e Isaura falam dos seus sofrimentos. Tomásia diz-lhe que a sua vingança estará completa quando Leôncio estiver atrás das grades ou morto.

Quinta, 22 de junho
Isaura sugere a Tomásia que ela adote uma criança já que não pode engravidar. Belchior pensa nas mulheres que nunca teve. Aurora toca piano na festa de Isaura. Leôncio encontra Flor de Lis agride-a. Ela revolta-se e encosta uma garrafa partida ao pescoço dele. O Sargento pede que ela abaixe a garrafa. Serafina sobe com Leôncio para a sua alcova. Cel. Sebastião pede novamente Gioconda em casamento. Tomásia insiste que Bernardo e Moleca estejam no seu casamento. Eles aceitam o pedido. Geraldo diz a Malvina que ela é o amor de sua vida, mas ela pede paciência. Branca jura a sua mãe que Álvaro e Isaura não ficarão juntos se depender dela. Tomásia elogia a festa de Isaura. Álvaro despede-se de Isaura para voltar à casa da Condessa. Flor de Lis e o sargento beijam-se após uma conversa. Cel. Sebastião fica curioso com as intenções de Geraldo com Malvina. Antes de se deitar, Isaura agradece o seu dia com uma oração. Leôncio entra no quarto onde Isaura dorme e coloca-lhe uma faca no pescoço. Ele beija-a e deita-se ao lado dela. Isaura acorda do pesadelo apavorada. Vai até à janela e verifica a tranca. Diogo visita Helena mesmo estando foragido. Isaura conta a seu pai, sobre o pesadelo. Na saída do bordel, Leôncio nega-se a pagar Serafina. As florzinhas da casa armam-se de canivetes. Leôncio assusta-se.

Sexta, 23 de junho
Com medo de levar uma facada, Leôncio paga Serafina e vai-se embora. Joaquina chega para visitar Isaura. Isaura entrega a carta de alforria de Joaquina. Tomásia pergunta a sua mãe sobre o seu casamento com o Cel Sebastião. Gioconda faz uma cara de mistério. Serafina descobre que as suas jóias e dinheiro foram roubados. Ela decide então ir à Delegacia. Leôncio cava um buraco para esconder as jóias de Serafina. Depois tapa o buraco. Helena quer contar a verdade sobre o assassinato, mas Diogo não deixa. Pedrinho reencontra Isaura. Serafina diz ao Sargento que fechará o seu bordel até que encontrem as suas jóias. Henrique pede Aurora em casamento durante um piquenique. Gioconda aceita casar-se, mas impõe algumas condições. Geraldo escreve a carta de separação de Malvina. Diogo e Helena conversam sobre a situação deles. Geraldo dá algumas esperanças a Helena sobre a situação de Diogo. Branca trama um plano para separar Isaura de Álvaro. O Sargento chega na casa do Cel. Sebastião. Diogo apresenta-se antes de começarem as buscas à sua procura. Rosa decide atacar Álvaro para que Isaura acredite que ele não vale nada. Leôncio pede ajuda pra sequestrar Isaura. Rosa pede um beijo a Álvaro.

Os resumos dos capítulos são disponibilizados pelas emissoras e estão sujeitos a mudanças em função da edição das novelas.

Me siga no Twitter: @beraldotv

Me siga no Instagram: @beraldotv

Curta uma página do Portal 4 no Facebook, clique aqui

A Escrava Isaura: Resumos dos capítulos de 12 a 16 de junho

2600x800-lifestyle-escrava_isauraConfira os resumos dos capítulos da semana:

Segunda, 12 de junho
Leôncio manda o Sargento prender Bernardo. Geraldo, Branca e Estela se hospedam no hotel de Bernardo. Helena diz a Henrique que matou Dr. Paulo. Henrique fica radiante em saber que será tio. Álvaro chega de surpresa na casa de Tomásia. Para salvar Isaura, Álvaro e Miguel vão até a delegacia denunciar Leôncio. Depois das 50 chibatadas, Leôncio manda colocar sal grosso nas feridas de André. Henrique pede que Sebastião volte para casa. Geraldo toma um susto ao ver Álvaro. João reúne os quilombolas para invadir a fazenda de Leôncio. Álvaro chega a delegacia e exige a prisão de Leôncio. Malvina se esconde e ouve Leôncio dizer a Francisco que vai matá-la. Malvina perdoa Rosa. Sebastião diz à Serafina que vai se casar com Gioconda. Malvina ameaça Leôncio. Sargento chega a fazenda para prender Leôncio. Leôncio diz a Miguel e Tomásia que vai se vingar em Isaura.

Terça, 13 de junho
Leôncio é colocado na cela. Malvina leva água e frutas a Isaura e André e Aproveita para dizer que Álvaro está vivo. O Sargento pede a Álvaro para não ir à fazenda dos Almeida. Leôncio manda o prato de comida ao chão. Rosa conta a Malvina que Leôncio queria matá-la depois dela pagar a hipoteca. Aurora e Helena falam das suas tristezas de vida. Henrique e Flor-de-Lis discutem. Malvina escreve uma carta ao seu pai. Leôncio tenta subornar o Sargento, mas ele não aceita. Cel. Sebastião diz a Henrique que ele voltará ser o seu herdeiro. Perpétua e Pedrinho chegam a casa da Condessa para velarem o corpo de Álvaro. Ao entrar na sala, Perpetua encontra Gioconda e Álvaro. Perpétua cai, chorando. Malvina visita Leôncio na prisão. Helena não tem apetite para comer. Guarací, mulher de Areski passa mal. Diogo decide ir à cidade procurar um remédio para curar a varíola que ela tem. Geraldo encontra a sua mãe e irmã e conta-lhes que Álvaro está vivo. Cel. Sebastião recebe uma carta de Malvina pedindo que ele não pague a hipoteca da fazenda. Malvina decidiu deixar Leôncio. André sofre de dor.

Quarta, 14 de junho
Raimundo dá água a André, depois de Isaura lhe prometer dinheiro. Branca sente enjôo. Geraldo desconfia que Branca esteja grávida de Leôncio. Gioconda e Tomásia decidem visitar o Coronel. O Sargento leva o almoço a Leôncio. Após reclamar de tudo, devora a comida. João vai à frente da tropa dos quilombolas armados, para salvar André. Rosa conta a Francisco que Malvina não pagará a hipoteca. Francisco vai contar o acontecimento a Leôncio. Rosa vai ter com André e diz que o ama. Miguel e Álvaro vão até à prisão, onde está Leôncio, para proporem um acordo. Perpétua diz a Gabriel que ainda há uma chance dele voltar a caminhar. Helena conta toda verdade sobre a morte do Dr. Paulo a Tomásia. Serafina aconselha Flor-de-Lis sobre Henrique. Rosa tenta matar Isaura, mas Raimundo não deixa. Álvaro decide ir ao banco para se informar sobre a hipoteca de Leôncio. Francisco vai ter com Leôncio e conta- lhe o que Malvina planeja fazer. Cel. Sebastião pede Gioconda em casamento. Leôncio é libertado por uma ordem de soltura do juiz.

Quinta, 15 de junho
Leôncio sai da prisão e ainda provoca o Sargento. Malvina chega a casa de seu pai e pede desculpas a Tomásia. Raimundo tira André do tronco. Rosa e Isaura cuidam das costas de André. Estela pressiona Branca a falar sobre a sua gravidez. Branca confessa que dormiu com Leôncio, mas diz que foi forçada. Henrique recita versos para Aurora e a beija. Malvina conversa com Helena sobre Geraldo. Gioconda conta ao filho que o seu pai lhe pediu a mão em casamento. Tomásia fica feliz, e diz que para o amor não há idade. Perpétua concorda e olha para Gabriel. Malvina pede a Belchior que a ajude na sua mudança. Leôncio vai à fazenda e encontra Malvina de malas prontas. Leôncio fica bravo e exige os comprovativos do pagamento da hipoteca. Malvina diz que não estão com ela. Leôncio fica violento. Francisco fica irritado ao ver André fora do tronco. Belchior tenta ajudar Malvina, mas é espancado por Leôncio. Álvaro descobre que Leôncio foi solto. Decide ir à fazenda e pede uma escolta. O Sargento fica preocupado, mas Álvaro diz que comprou tudo o que pertencia a Leôncio, inclusivé Isaura. Diogo chega da cidade com o remédio de Guarací. Flor-de-Lis vai a casa de Henrique e exige uma casa em seu nome. Henrique irrita-se e coloca-a fora de sua casa.

Sexta, 16 de junho
Leôncio tranca Malvina no quarto, manda Rosa para o pelourinho e ordena que Francisco acorrente Isaura à cama de hóspedes. Geraldo conta a Tomásia que Álvaro comprou a dívida de Leôncio e foi à fazenda. Sebastião preocupa-se com Malvina. Álvaro chega à fazenda e diz a Leôncio que a comprou. Álvaro liberta Isaura e André. Leôncio examina incrédulo os papéis. Leôncio ameaça matar Malvina e suicidar-se. Francisco trai Leôncio. Rosa cuida de André. Álvaro e Miguel comemoram. Branca planeja dizer que está grávida de Álvaro. Leôncio pede para morar em casa de Francisco. Rosa pede a Álvaro para ficar na fazenda cuidando de André. Álvaro diz a Rosa que vai consultar Isaura.

Os resumos dos capítulos são disponibilizados pelas emissoras e estão sujeitos a mudanças em função da edição das novelas.

Me siga no Twitter: @beraldotv

Me siga no Instagram: @beraldotv

Curta uma página do Portal 4 no Facebook, clique aqui

A Escrava Isaura: Resumos dos capítulos de 05 a 09 de junho

2600x800-lifestyle-escrava_isauraConfira os resumos dos capítulos da semana:

Segunda, 05 de junho
Isaura conversa com Moleca. Tomásia acredita que pode confiar em Geraldo para levar Isaura para o exterior. Geraldo quer se vingar de Leôncio. Malvina se lamenta para Belchior. Leôncio sonha com Isaura. Gabriel escreve uma carta para Aurora. Gioconda se preocupa com esse novo amor de seu filho. Helena e Diogo chegam na casa do Coronel Sebastião e contam sobre a morte do Dr. Paulo. Diogo se despede, mas pede para que Helena diga que ele é o responsável pelo o ocorrido. Ao amanhecer, Álvaro e Tibério voltam a caminhar em direção ao quilombo.

Terça, 06 de junho
O Sargento diz a Geraldo que não achou o corpo de Álvaro. Isaura não quer fugir enquanto não achar Álvaro. Branca chega em Campos e fica sabendo da morte de Álvaro. A morte do Dr. Paulo cai nos ouvidos do Sargento. Cel. Sebastião e Helena são interrogados pelo assassinato. Leôncio descobre que Isaura está na pensão.

Quarta, 07 de junho
Álvaro encontra o quilombo onde é recebido por João e Joaquina. Bernardo se desespera ao ver sua pensão cercada. Álvaro conta a João o que lhe aconteceu. Moleca esconde Isaura e André em um quarto falso atrás de um armário. Malvina decide ficar em casa para ajudar Isaura quando ela for capturada. André teme morrer. Álvaro consegue um cavalo para voltar para Campos. Martinho mostra para o Sargento a carta do juiz liberando a entrada deles na pensão. Branca e Estela vão até a casa da Condessa procurar por Geraldo. Estela diz à Tomásia que há um tumulto em frente a pensão. Miguel decide ir até sua filha. Leôncio entra na pensão e diz saber exatamente onde Isaura se escondeu. André segura uma arma para defendê-los.

Quinta, 08 de junho
A porta do quarto abre. Isaura e André se entregam. Leôncio bate em Isaura. Leôncio arrasta Isaura pelos cabelos. Leôncio manda o Sargento prender Bernardo. Miguel chora pelo sofrimento de Isaura. Branca deseja mal à Isaura e deixa Gabriel irritado. Leôncio se surpreende com Malvina que ainda está em sua fazenda. Leôncio manda André e Isaura para o pelourinho. Rosa se diverte com o sofrimento de Isaura. Flor-de-Lis vai à casa de Sebastião e diz à Aurora que está grávida de Henrique. Malvina ameaça deixar Leôncio na miséria. Tomásia expulsa Branca de sua casa. Belchior vai até o pelourinho falar com Isaura.

Sexta, 09 de junho
Isaura pede que Belchior ajude André a fugir. Malvina proíbe Leôncio de maltratar André e Isaura. Rosa diz que faria tudo para ver André livre. Isaura diz a Leôncio que não se entregou a Álvaro. Sargento dá a notícia a Gioconda e Tomásia sobre a fuga de Diogo. Geraldo, Branca e Estela se hospedam no hotel de Bernardo. Helena diz a Henrique que matou Dr. Paulo. Leôncio começa a açoitar André com 50 chibatadas. Henrique fica radiante em saber que será tio. Rosa pede que Malvina salve André. Álvaro chega de surpresa na casa de Tomásia.

Me siga no Twitter: @beraldotv

Me siga no Instagram: @beraldotv

Curta uma página do Portal 4 no Facebook, clique aqui

 

A Escrava Isaura: Resumos dos capítulos de 22 a 26 de maio

a-escrava-mae-logoConfira os resumos dos capítulos da semana:

Segunda, 22 de maio
Miguel leva Gabriel para um passeio. Rosa pede ao coronel para ir ao casamento de Isaura. Cel. Sebastião avisa Rosa que Aurora, filha de uma irmã-prima, virá visitá-los. Gioconda recebe uma carta de perdão do Cel. Sebastião e Tomásia uma mensagem de telégrafo de Álvaro dizendo que está voltando para Campos. Leôncio ameaça Belchior caso ele ouse tocar em Isaura após o casamento. Leôncio diz a Belchior quais serão as regras do casamento e aproveita para pedir a Francisco que tire a coleira de ferro do pescoço de Isaura. Henrique quer raptar Isaura. Miguel visita Isaura. Álvaro chega na casa de Tomásia e lhe conta a verdade sobre as cartas falsas. Tomásia acolhe Álvaro em sua casa. Geraldo pensa em algo para ajudar Isaura.
Cel. Sebastião deixa Rosa ir ao casamento. Helena sonha com Diogo. Tomásia diz a Miguel que Álvaro quer raptar Isaura. André conversa com João e Joaquina. Miguel visita Álvaro. Estela pede para que sua filha peça perdão à Perpétua, mas ela nega. Leôncio leva Isaura para o quarto e lhe diz que será sua despedida de solteira. Leôncio discute com Isaura. Belchior comemora sua despedida de solteiro. Álvaro insiste que vai raptar Isaura. Serafina rejeita Belchior. Diogo e Helena estão felizes em uma hospedaria. Leôncio bate em Isaura e ameaça matá-la. Malvina flagra Leôncio. Malvina ameaça deixar Leôncio na miséria. Dr. Paulo briga com Belchior. Leôncio assume que deu presentes para Isaura. Álvaro melhora da febre amarela e vai ao casamento. Belchior se arruma para seu casamento. Isaura veste seu vestido de noiva. Álvaro pede ajuda à Tomásia para raptar Isaura.

Terça, 23 de maio
Leôncio despreza Belchior. Álvaro chega à igreja e rapta Isaura. Leôncio, Malvina e Belchior ainda esperam por Isaura no altar. Rosa imagina o casamento de Isaura. Leôncio vai até a porta da igreja e descobre que Isaura fugiu. Belchior fica desolado. Geraldo galanteia Malvina. Leôncio reúne os capatazes para encontrar Isaura. Malvina chora no ombro de Sebastião. Miguel discute com Martinho. Miguel bate em Leôncio. Diogo e Helena namoram. Malvina não aceita os elogios de Geraldo. Belchior chora. Henrique lamenta a fuga de Isaura. Estela leva Branca para se desculpar com Perpétua. André chega a casa de Tomásia. Sebastião recebe a prima Aurora. Isaura e Álvaro escondem-se na mata.

Quarta, 24 de maio
Isaura veste o vestido que a Condessa lhe enviou. Rosa conhece Aurora. Miguel preocupa-se com a fuga de Isaura. Álvaro monta uma cabana para ele e Isaura. Álvaro continua com febre. Cel. Sebastião conta a Rosa que Isaura foi raptada por Álvaro antes de se casar.

Quinta, 25 de maio
Belchior oferece muito dinheiro para ter uma noite com uma florzinha do bordel, mas nenhuma aceita. Pedrinho entorna limonada na roupa de Branca que logo o ameaça. Rosa não sabe se pode confiar em Aurora. Leôncio quer Isaura de volta custe o que custar. Tomásia tenta diminuir a preocupação de Miguel com a sua filha. Rosa é mandada para a cozinha enquanto o Cel. Sebastião e Aurora jantam. Malvina e Leôncio discutem por causa de Isaura. Belchior é caçado e ameaça os capangas com uma faca. Álvaro tem medo de morrer.

Sexta, 26 de maio
A febre de Álvaro continua alta. Malvina nega deitar-se com Leôncio até que ele deixe de se preocupar com Isaura. Tomásia confessa a Miguel que emprestou os cavalos para a fuga de Isaura com Álvaro. Diogo pensa em pedir a anulação de Helena com o Dr. Paulo. Álvaro tem um pesadelo e acorda nervoso. Isaura sai para pescar com Álvaro devido à sua ligeira melhora. Francisco consegue mais capangas para capturar Isaura. Aurora lê ?Os Lusíadas? de Camões, para Rosa.Tomásia e André pensam numa armadilha para Leôncio. Geraldo diz a Miguel que muitas pessoas desejam o fim de Leôncio. Isaura e Álvaro falam sobre as suas vidas. Henrique e Aurora encontram-se e ficam encantados um com o outro. Bernardo compra uma carruagem para Moleca. Belchior pede o seu dote a Malvina. Tomásia decide um plano contra Leôncio.

Os resumos dos capítulos são disponibilizados pelas emissoras e estão sujeitos a mudanças em função da edição das novelas.

Me siga no Twitter: @beraldotv

Me siga no Instagram: @beraldotv

Curta uma página do Portal 4 no Facebook, clique aqui

A Escrava Isaura: Resumos dos capítulos de 15 a 19 de maio

a-escrava-mae-logoConfira os resumos dos capítulos da semana:

Segunda, 15 de maio
Leôncio ameaça Belchior e Isaura. Malvina chega com Dr. Paulo. Isaura está com anemia profunda. Leôncio não tem dinheiro para pagar a consulta de Dr. Paulo. Álvaro se sente fraco com os sintomas da febre amarela. André discursa e convence os quilombolas a invadir as fazendas e libertar escravos. Rosa consegue comida e Helena planeja fugir. Tomásia festeja seu amor por Miguel. Serafina prepara o bordel para a festa. Belchior cuida de Isaura. Malvina descobre que Leôncio armou emboscada para Dr. Diogo. Malvina se arrepende de ter casado com Leôncio. Branca comemora o sucesso de seu plano. Álvaro sente-se mal.

Terça, 16 de maio
Geraldo diz a Branca que Álvaro já sabe das cartas falsas e que está decidido a voltar para Campos. Branca faz de tudo para que Álvaro não viaje. Geraldo segue viagem com o amigo. Bernardo pede novamente Moleca em casamento e ela aceita. Flor-de-Lis se despede de Serafina e sai com Henrique. Cel. Sebastião decide anular o casamento de sua filha Helena. Miguel conta sobre seu noivado à Isaura. Miguel pede Tomásia em casamento. Diogo e Helena trocam juras de amor. Gioconda se chateia com a ida do coronel ao bordel. Malvina quer ter um filho de Leôncio. Belchior dá caldo de feijão para Isaura.

Quarta, 17 de maio
Belchior tenta acalmar Isaura que chora muito. Henrique e Flor-de-Lis conversam sobre a situação deles. Leôncio sonha com Isaura. Cel. Sebastião avisa Rosa que Aurora, filha de uma irmã-prima, virá visitá-los. Miguel leva Gabriel para um passeio. Rosa pede ao coronel para ir ao casamento de Isaura. Gioconda recebe uma carta de perdão do Cel. Sebastião e Tomásia uma mensagem de telégrafo de Álvaro dizendo que está voltando para Campos. Branca não se conforma com o desprezo de Álvaro. Miguel sai para visitar Isaura. Leôncio ameaça Belchior caso ele ouse tocar em Isaura após o casamento. Álvaro chega na casa de Tomásia e lhe conta a verdade sobre as cartas falsas.

Quinta, 18 de maio
Tomásia acolhe Álvaro em sua casa. Geraldo pensa em algo para ajudar Isaura. Leôncio diz a Belchior quais serão as regras do casamento e aproveita para pedir a Francisco que tire a coleira de ferro do pescoço de Isaura. Henrique quer raptar Isaura. Miguel visita Isaura. Cel. Sebastião deixa Rosa ir ao casamento. Helena sonha com Diogo. Isaura se lamenta para seu pai. Malvina deseja que Isaura saia da fazenda e de sua casa. Tomásia diz a Miguel que Álvaro quer raptar Isaura. André conversa com João e Joaquina. Miguel visita Álvaro. Estela pede para que sua filha peça perdão à Perpétua, mas ela nega. Leôncio leva Isaura para o quarto e lhe diz que será sua despedida de solteira.

Sexta, 19 de maio
Leôncio discute com Isaura. Belchior comemora sua despedida de solteiro. Álvaro insiste que vai raptar Isaura. Serafina rejeita Belchior. Diogo e Helena estão felizes em uma hospedaria. Leôncio bate em Isaura e ameaça matá-la. Malvina flagra Leôncio. Malvina ameaça deixar Leôncio na miséria. Dr. Paulo briga com Belchior. Leôncio assume que deu presentes para Isaura. Álvaro melhora da febre amarela e vai ao casamento. Belchior se arruma para seu casamento. Isaura veste seu vestido de noiva. Álvaro pede ajuda à Tomásia para raptar Isaura.

Os resumos dos capítulos são disponibilizados pelas emissoras e estão sujeitos a mudanças em função da edição das novelas.

Me siga no Twitter: @beraldotv

Me siga no Instagram: @beraldotv

Curta a página do Portal 4 no Facebook, clique aqui

A Escrava Isaura: Resumos dos capítulos de 08 a 12 de maio

a-escrava-isaura-record-2gd1Confira os resumos dos capítulos da semana:

Segunda, 08 de maio
Malvina presenteia Isaura com colar de ouro. Leôncio faz juras de amor à Isaura. Tomásia convida Belchior a morar em sua fazenda. Helena discute com Dr. Paulo. Leôncio sonha com Isaura. Malvina fica irritada com Leôncio. Henrique fica sabendo do casamento de Isaura. Bernardo pede Moleca em casamento. Rosa quer voltar para a casa de Sebastião. Martinho e Raimundo vão em busca de Rosa a pedido de Sebastião. Leôncio rouba beijo de Isaura. Isaura visita Miguel na cadeia.

Terça, 09 de maio
Isaura aceita se casar com Belchior. Rosa deixa o quilombo. Helena ameaça Dr. Paulo. Tomásia visita Miguel. Henrique visita Malvina e conversa com Isaura. Raimundo e Martinho encontram André e Rosa. André e Martinho brigam. Leôncio encontra Isaura fraca e com febre.

Quarta, 10 de maio
Isaura passa mal e Leôncio tenta descobrir a razão. Francisco avisa Malvina que Helena voltou para casa e que Diogo está na casa da Condessa de Campos. Dr. Paulo proíbe Helena de comer no jantar. Tomásia diz a Diogo que está apaixonada por Miguel e que pretende ajudar seu primo na fuga com Helena. Belchior ajuda Isaura na cozinha. Gioconda desaprova a atitude do Dr. Paulo, mas o Cel. Sebastião nada faz. Álvaro e Pedrinho falam de Isaura. Baixa a febre de dona Perpétua. Branca e Geraldo chegam em casa. Branca conta a sua mãe o que ela e Leôncio fizeram contra Isaura. A dona do bordel Serafina resolve sair de seu luto. No mesmo dia, chega uma carta para ela da mãe de Violeta. Martinho traz Rosa de volta para a fazenda do Cel. Sebastião. Serafina conta à Violeta sua história e diz a ela que sua mãe quer conhecê-la. Rosa e Helena fofocam. Isaura serve o jantar e logo depois desmaia. Malvina fica preocupada.

Quinta, 11 de maio
Preocupada com Isaura, Malvina pede que Francisco coloque Isaura em seu quarto. Leôncio não permite que o Dr. Paulo venha examiná-la. À noite, Malvina e Leôncio entram no quarto para se deitarem. Malvina tranca a porta e Leôncio fica bravo. Tomásia planeja a fuga de Helena e diz à Gioconda que precisará de sua ajuda. Serafina decide dar uma grande festa para comemorar seu retorno à vida. Malvina pede a Belchior que cuide de Isaura. Branca, Geraldo e Estela vão a casa de Álvaro. Malvina se prepara para passear, mas antes ameaça Leôncio caso ele faça algo com Isaura. Chega uma mensagem de telégrafo para Álvaro, mas Branca logo a esconde. Leôncio expulsa Belchior do quarto de Isaura. Rosa e Helena são proibidas de comer. Leôncio obriga Isaura a tocar piano. Violeta se despede do bordel para seguir viagem. Tomásia e Miguel se beijam. Leôncio ameaça mandar Isaura para o tronco caso ela não toque piano. Álvaro passa mal.

Sexta, 12 de maio
Perpétua pede que seu filho escreva uma carta para Isaura lhe contando o motivo de sua ausência. Geraldo desconfia que Branca esteja tramando algo. Miguel diz à Tomásia que a ama. Leôncio acaricia Isaura. Malvina chega na fazenda de seu pai e fica sabendo da situação de Rosa e Helena. Perpétua diz a Álvaro que ele está com febre amarela. Leôncio beija Isaura e ela lhe dá um tapa. Helena conversa com Malvina sobre as Maldades de seus maridos. Malvina leva Dr. Paulo para examinar Isaura. Bernardo conta a Henrique sobre sua compra da pensão. Leôncio dá uma bofetada em Isaura, que cai no chão. Geraldo visita Álvaro e lhe conta sobre o casamento forçado de Isaura com Belchior. Leôncio leva Isaura para o quarto e a joga na cama. Belchior bate com uma moringa na cabeça de Leôncio, mas nada acontece.

Os resumos dos capítulos são disponibilizados pelas emissoras e estão sujeitos a mudanças em função da edição das novelas.

Me siga no Twitter: @beraldotv

Me siga no Instagram: @beraldotv

Curta a página do Portal 4 no Facebook, clique aqui

A Escrava Isaura: Resumos dos capítulos de 1º a 05 de maio

a-escrava-isaura-record-2gd1

Confira os resumos dos capítulos da semana:

Segunda, 1º de maio
Leôncio pede que Isaura passe as mãos em seu cabelo. Branca e Geraldo descobrem que Álvaro viajou. Leôncio rouba um beijo de Isaura. Moleca briga com Rosa e diz a André que irá atrás de Bernardo. Diogo volta para casa. Francisco avisa Leôncio que Álvaro voltou para São Paulo, e ele por sua vez corre para dar a notícia para Isaura. Geraldo explica a verdadeira razão da partida de Álvaro. Branca decide voltar para sua cidade. Estela cuida de Perpétua. Leôncio quer que um falsário imite a letra de Álvaro em uma carta para Isaura. Na carta o amado dirá que não a quer mais. Diogo recebe a notícia que Helena está de volta. Moleca se encontra com Bernardo. Belchior conversa com Isaura na cozinha. Cel. Sebastião sonha com Gioconda. Branca escuta a conversa de Leôncio com Francisco e se oferece para ajudá-los para afastar Isaura de Álvaro.

Terça, 02 de maio
Leôncio beija Branca. Geraldo vai até o quarto de Malvina lhe dizer galanteios. Margarida diz a Francisco que conhece um falsificador de cartas. Belchior fala para Isaura que ela não precisa beijá-lo depois do casamento. Bernardo pede Moleca em casamento e lhe dá um beijo. Tomásia confessa a sua mãe que se interessa por Miguel. Gioconda recebe um convite do Cel. Sebastião para almoçar em sua casa. Branca vai até Isaura lhe dizer que ela se casará com Álvaro. Geraldo e sua irmã voltam para São Paulo. Rosa e André se beijam. Branca conta à Malvina sobre seu casamento. Perpétua tem medo de morrer. Leôncio recebe a carta de Álvaro falsificada e a leva para Isaura, que se decepciona. Isaura conta para Malvina que Leôncio dará a liberdade de seu pai caso ela se case com Belchior. Gioconda vai até a casa do coronel. Helena chega de carruagem e encontra o Dr. Paulo. Miguel se declara para Tomásia. Leôncio chega logo depois.

Quarta, 03 de maio
Leôncio e Tomásia discutem. Dr. Paulo leva Helena para a casa de Sebastião. Leôncio convence Miguel com a carta falsa de Álvaro. Helena bate em Dr. Paulo com uma garrafa. Isaura chora. Álvaro chega em sua casa. Malvina dá conselhos à Isaura.

Quinta, 04 de maio
Malvina presenteia Isaura com colar de ouro. Leôncio faz juras de amor à Isaura. Tomásia convida Belchior a morar em sua fazenda. Helena discute com Dr. Paulo. Leôncio sonha com Isaura. Malvina fica irritada com Leôncio. Henrique fica sabendo do casamento de Isaura. Bernardo pede Moleca em casamento. Rosa quer voltar para a casa de Sebastião. Martinho e Raimundo vão em busca de Rosa a pedido de Sebastião. Leôncio rouba beijo de Isaura. Isaura visita Miguel na cadeia.

Sexta, 05 de maio
Isaura aceita se casar com Belchior. Rosa deixa o quilombo. Helena ameaça Dr. Paulo. Tomásia visita Miguel. Henrique visita Malvina e conversa com Isaura. Raimundo e Martinho encontram André e Rosa. André e Martinho brigam. Leôncio encontra Isaura fraca e com febre.

Os resumos dos capítulos são disponibilizados pelas emissoras e estão sujeitos a mudanças em função da edição das novelas.

Me siga no Twitter: @beraldotv

Me siga no Instagram: @beraldotv

Curta a página do Portal 4 no Facebook, clique aqui

A Escrava Isaura: Resumos dos capítulos de 24 a 28 de abril

4LUkCls.pngConfira os resumos dos capítulos da semana:

Segunda, 24 de abril
Álvaro pede a Belchior que avise Isaura de que ele está na casa da condessa de Campos. Leôncio dá um tapa em Isaura. Malvina desconfia que Leôncio bateu em Isaura. Dr. Paulo beija Rosa. Coronel Sebastião chega em casa e encontra Dr. Paulo e Rosa na sala. Branca e Geraldo se despedem de Estela e seguem viagem para Campos. Miguel conversa com Coqueiro, presidiário condenado à morte. Leôncio desconfia que Álvaro esteve em sua fazenda. Belchior conta à Isaura que seu noivo está na casa de Tomásia. Henrique descobre mina de diamantes. Leôncio diz à Isaura que prepara uma arapuca para Álvaro. Belchior conta a Álvaro que Isaura será leiloada. Leôncio recebe uma mensagem de telégrafo informando que Branca e Geraldo virão visitá-lo em poucos dias.

Terça, 25 de abril
Belchior vai à casa de Tomásia contar o que acontece na fazenda de Leôncio. Álvaro aproveita a situação e pede que o jardineiro entregue uma carta para Isaura. Rosa discute com seu pai. Leôncio obriga Isaura a novos trabalhos. Gioconda desconfia do leilão. Leôncio tenta não fazer o leilão, mas Malvina não concorda com seu marido. Dr. Paulo quer receber o dote de Helena. Tomásia se lamenta pela situação de Miguel. Gioconda desconfia que sua filha esteja se envolvendo com Miguel. O sargento confessa a Miguel que se sente atraído pela condessa e Miguel diz que se preocupa com ela. Leôncio vai até a senzala e se depara com Isaura após seu banho. Isaura pede a Belchior que avise sobre o leilão para Álvaro. André encontra Rosa que lhe pede para ajudá-la a fugir para o quilombo. Leôncio quer cancelar o leilão.

Quarta, 26 de abril
Leôncio pede para Francisco pensar em algo que cancele o leilão. Malvina vai até Isaura lhe dizer que enviou um mensageiro até Álvaro para avisá-lo sobre o leilão. Álvaro e Tomásia recebem a mensagem. Coronel Sebastião é informado sobre o leilão. Rosa fica com inveja de Isaura. Henrique e Bernardo descobrem que o comprador de diamantes está na cidade. Bernardo consegue vender os diamantes por um bom preço. Leôncio pede para Isaura cortar suas unhas. Sargento se declara para Tomasia. Miguel recebe a visita de Tomasia. Coqueiro tem seu pedido de clemência negado pelo juiz. João conta a história do Zumbi para Moleca. Leôncio quer estipular um preço mínimo por Isaura, Malvina nega. Dr. Paulo pensa comprar Isaura caso ele receba o dote. Leôncio diz que não vende Isaura para Álvaro. Depois de duas semanas desacordado, Diogo acorda ao lado do índio que cuidou do seu ferimento perto do coração. Álvaro diz a Henrique que é noivo de Isaura. Leôncio diz à Isaura que não a venderá.

Quinta, 27 de abril
Leôncio acorrenta Isaura. Malvina flagra Leôncio tentando se aproveitar de Isaura. Henrique chora pelo amor de Isaura. Álvaro e Tomásia pensam em alguém para representá-los no leilão de Isaura. Geraldo e Branca chegam à fazenda de Leôncio. Malvina tem medo do que possa acontecer no leilão. Branca ameaça Isaura. Tomásia solicita escolta para ir ao leilão e contrata o sargento para representá-la. Sebastião, Paulo, Henrique e Bernardo chegam para o leilão. Henrique encontra Isaura.

Sexta, 28 de abril
Henrique não aceita o amor de Isaura e Álvaro. Diogo consegue escrever uma carta para Tomásia. Tomásia e Álvaro chegam ao leilão. Leôncio os impedem de entrar e proíbe que o sargento participe. Álvaro pede para Geraldo comprar Isaura. Sebastião se nega a comprar Isaura. Leôncio ordena que Belchior dê o lance mais alto. Leôncio ameaça matar Isaura. Leôncio tenta se suicidar. Sebastião pede para suspender o leilão e Leôncio pensa em casar Isaura com Belchior para dar-lhe a liberdade. Álvaro paga Belchior para chamar Isaura.

Os resumos dos capítulos são disponibilizados pelas emissoras e estão sujeitos a mudanças em função da edição das novelas.

Me siga no Twitter: @beraldotv

Me siga no Instagram: @beraldotv

Curta a página do Portal 4 no Facebook, clique aqui

Confira o resumo dos capítulos de “A Escrava Isaura” de 10 a 14 de abril

a-escrava-mae-logoConfira os resumo dos capítulos da novela ”A Escrava Isaura” entre os dias 10 e 14 de abril.

Segunda, 10 de abril
Isaura aceita o pedido de casamento de Álvaro. Dr. Paulo diz à Violeta que irá para Minas Gerais procurar Helena. Rosa conta à Malvina porque está toda ensopada de água. Tomásia recebe seus amigos em um jantar. Tomásia decide viajar para onde está Isaura para ajudá-la a fugir. Branca escuta a conversa sobre Álvaro e Geraldo sobre a fuga com Isaura. Belchior fala para Flor-de-Lis que quer uma mulher para ele. Branca envia uma mensagem telegrafada para Leôncio desmentindo a mensagem de Álvaro. Leôncio recebe as mensagens sobre o paradeiro de Isaura e resolve buscá-la pessoalmente.

Terça, 11 de abril
Malvina decide ir junto com Leôncio para buscar Isaura. Álvaro avisa Isaura que ela pegará o navio para fugir durante o dia. Isaura ensina Pedrinho a escrever. Coronel Sebastião coloca Rosa de castigo. Malvina conta a Henrique que vai para São Paulo junto com Leôncio. Álvaro recebe a mensagem de Tomásia e diz a sua mãe que irá hospedá-la em sua casa. Geraldo avisa sua mãe e irmã sobre a visita de Tomásia. Coronel Sebastião deserda Henrique. Tomásia e André seguem viagem. Leôncio e Malvina se preparam para viajar. Miguel sai um pouco de casa. Os capitães do mato aproveitam para ir até Isaura.

Quarta, 12 de abril
Rosa fica chateada por seu pai não arranjar um casamento para ela. Pedrinho e Isaura ficam acuados com a presença e ameaças de Martinho e Raimundo. Álvaro chega na casa de Isaura e ouve seus berros por socorro. Miguel chega em casa e encontra os capitães do mato de saída. Álvaro conta à Isaura que Tomásia virá visitá-lo. Leôncio chega na casa de Branca. Tomásia chega na casa de Álvaro e Perpétua e logo fica sabendo que Isaura é noiva do rapaz. Moleca volta para o quilombo com as crianças. Álvaro informa à Tomásia que ela verá Isaura após a visita deles na casa de Geraldo.

Quinta, 13 de abril
André encontra Isaura. Raimundo vê. Isaura fica sabendo que Leôncio está a caminho. Tomásia encontra Leôncio e Malvina na casa de Branca. Álvaro e Leôncio discutem. Sebastião presenteia Rosa com sapatos altos. André fica triste com o noivado de Isaura. Álvaro oferece dinheiro pela liberdade de Isaura. Álvaro bate em Leôncio. Gioconda fica preocupada com Tomásia. Bernardo planeja atacar o acampamento dos capitães-do-mato. Leôncio dá queixa contra Álvaro para o chefe de polícia. Raimundo e Martinho surpreendem André, Isaura e Miguel.

Sexta, 14 de abril
Martinho bate em André. Leôncio sai com o chefe de polícia em busca de Isaura. Tomásia atira nas pernas de Raimundo e Martinho. Bernardo, Henrique e Moleca vão para o garimpo. Geraldo se declara para Malvina. Sebastião ensina boas maneiras à Rosa. Dr. Paulo planeja matar Diogo. Leôncio desesperado não encontra Isaura. Perpétua esconde Isaura, Miguel e Pedrinho em sua casa. Geraldo rouba um beijo de Malvina. Leôncio chega à casa de Perpétua e ameaça Álvaro.

Me siga no Twitter: @beraldotv

Me siga no Instagram: @beraldotv

Curta a página do Portal 4 no Facebook, clique aqui

Colabore para o Portal 4 continuar com as suas atividades, saiba mais, clique aqui

Record TV tem interesse na contratação do diretor Luiz Fernando Carvalho

luizfernandoLuiz Fernando Carvalho, diretor de sucessos como  “O Rei do Gado”, “Renascer” e “Velho Chico” não teve o seu contrato renovado com a TV Globo, após 30 anos de casa.

A Record TV, através de seus diretores estão movimentando os bastidores para fazer um convite ao ex-global. 

Para pessoas próximas, Luiz declarou que vai tirar um tempo para descansar e aguardar um novo convite da TV Globo, afinal, ele pode voltar com contrato por obra. 

Curta a página do Portal 4 no Facebook, clique aqui

Colabore para o Portal 4 continuar com as suas atividades, saiba mais, clique aqui

Record TV decide reprisar ”Os Dez Mandamentos” em março na faixa das 18h

moisesA Record TV decidiu que vai reprisar a novela ”Os Dez Mandamentos”, ainda sem data confirmada. A produção bíblica inaugurará um novo horário de novelas, o das 18h. O plano dos executivos da Record é aumentar as receitas publicitárias e brigar no Ibope com a próxima trama das Globo, Novo Mundo. Quem informa é o jornalista Daniel Castro. 

Com a reprise de Os Dez Mandamentos, a Record TV acredita que terá um produto forte para concorrer novelas da Globo. A produção estrelada por Guilherme Winter, Sérgio Marone e Camila Rodrigues fez um enorme sucesso em 2015, com 15,4 pontos de média no Ibope nacional, atingindo o primeiro lugar por diversas vezes, batendo de frente com a novela ”A Regra do Jogo” e com o ”Jornal Nacional”. 

A Record TV  irá reduzir ainda mais o espaço do Cidade Alerta. O telejornal de Marcelo Rezende passará a durar menos de duas horas, sendo exibido das 16h45 às 18h15. A faixa das 19h ficará dedicado para as afiliadas que produzem edições locais do ‘Cidade Alerta’. 

A Escrava Isaura: Resumos dos capítulos de 13 a 17 de fevereiro

a-escrava-mae-logoConfira os resumos dos capítulos da semana:

Segunda, 13 de fevereiro
Malvina pressiona Isaura para que lhe conte o que a aflige. Helena discute com o Dr. Paulo. Tomásia e Gabriel estão prontos para incendiar a lavoura. Leôncio recebe uma carta de seu pai sobre sua volta da viagem. Belchior dá o recado de Miguel à Isaura. Henrique conta a seu pai as maldades que Leôncio faz. Malvina vê seu marido e Rosa juntos. Bernardo sugere outra forma de prejudicar Leôncio. Miguel diz à sua filha que caso ele não consiga sua liberdade, eles devem fugir. Comendador Almeida chega de viagem, mas não passa bem.

Terça, 14 de fevereiro
Bernardo quer colocar pragas na lavoura de café de Leôncio. Malvina pergunta à Rosa o que ela fazia com Leôncio na cozinha. Leôncio diz à Isaura que larga Malvina para ficar com ela. Rosa conta à Malvina que Leôncio gosta de Isaura e é mandada para o tronco. Belchior quer se casar com Rosa. Malvina sonda Isaura sobre Leôncio. Belchior conta a Miguel que o comendador voltou de viagem. Dr. Paulo examina o comendador Almeida. Leôncio é avisado que há alguém de fora no cafezal. Comendador Almeida desabafa com Isaura.

Quarta, 15 de fevereiro
Gabriel e Bernardo conseguem fugir do cafezal. Leôncio é avisado sobre as pragas no cafezal. Coronel Sebastião vai visitar Malvina. Miguel tenta comprar sua filha novamente. André beija Moleca. Malvina quer Rosa fora de sua casa. Martinho tenta comprar Rosa, mas quem a compra é o coronel Sebastião. Tomásia planeja outra vingança para Leôncio. Coronel Sebastião decide cuidar de Rosa.

Quinta, 16 de fevereiro
Belchior diz que é melhor Isaura fugir. Leôncio arma arapuca para invasores. Gabriel diz que vai incendiar as sacas de café de Leôncio. Malvina não aceita Rosa como irmã. Rosa se veste com o vestido de Isaura. Sebastião pede a Almeida que venda Isaura. Helena e Henrique elogiam Rosa. Malvina fica com ciúme de Rosa. Leôncio discute com Sebastião. Miguel chora. Almeida dá procuração para Leôncio. Malvina conversa com Isaura sobre Leôncio. João e Joaquina se divertem com Rosa. André pensa em voltar a fazenda. Gabriel e Bernardo chegam a fazenda. Leôncio e os capangas vão defender as sacas de café. Bernardo domina o capanga. Almeida se desespera ao ver o café ser queimado.

Sexta, 17 de fevereiro
Almeida volta a ter ataque de tosse e se lamenta pela perda do café. Leôncio descobre que foi Gabriel que incendiou o café. Leôncio pensa em se vingar de Tomásia. Almeida quer vender Isaura para arrecadar dinheiro. Leôncio deixa Malvina sozinha no quarto. Malvina vai ao quarto de Isaura. Leôncio corrompe o tabelião. Gioconda e Tomásia cuidam de Gabriel. Malvina flagra Leôncio no quarto de Isaura. Francisco encontra o sargento e fala que Gabriel incendiou o café. Helena ensina Rosa a falar, ler e escrever. Miguel ajuda Gabriel. Leôncio exige a prisão de Gabriel. Sargento vai a casa de Tomásia. Malvina e Isaura se surpreendem com o atraso do tabelião.

Os resumos dos capítulos são disponibilizados pelas emissoras e estão sujeitos a mudanças em função da edição das novelas.

Me siga no Twitter: @beraldotv

Me siga no Instagram: @beraldotv

Curta a página do Portal 4 no Facebook, clique aqui

Colabore para o Portal 4 continuar com as suas atividades, saiba mais, clique aqui

A Escrava Isaura: Resumos dos capítulos de 30 de janeiro a 03 de fevereiro

a-escrava-isaura-record-2gd1Segunda, 30 de janeiro
André conhece Bernardo, outro escravo fugitivo. Cel. Sebastião nega empréstimo a Henrique. Tomásia acusa Leôncio pela morte do Conde de Campos. Rosa ameaça Isaura com uma faca. Gabriel descobre que o Dr. Paulo quer se casar também com Helena. O Sargento de Milícia vai até a casa de Leôncio.

Terça, 31 de janeiro
O Sargento de Milícia estranha que Leôncio não levou nenhum tiro. Dr. Paulo visita Helena. Com. Almeida diz à Isaura que Leôncio é um mentiroso. Gioconda se preocupa com o testamento feito pelo conde de Campos. Henrique corteja Isaura e a beija. Gabriel diz à Tomásia que ela não está no testamento.

 

Quarta, 1º de fevereiro
Leôncio discute com Henrique. Moleca leva André e Bernardo para o Quilombo. Malvina diz que Leôncio o mandou embora. Leôncio machuca Rosa. Leôncio invade o quarto de Isaura. Almeida tem alucinações com Gertrudes. Leôncio amordaça Isaura. Almeida vai ao quarto de Isaura. No bordel, Miguel se lamenta. Tomásia chora. Leôncio beija Rosa. Almeida dá uma medalha de presente para Isaura. Joaquina pede para que tirem João do quartinho. Conde Campos é enterrado. Tomásia diz que vai matar Leôncio. Helena discute com Sebastião. Tomásia lê o testamento do Conde de Campos e fica sem herança. Dr. Paulo examina Almeida e sugere uma viagem.

Quinta, 02 de fevereiro
Dr. Paulo conta que Leôncio armou uma emboscada para o conde Campos. Leôncio força Isaura a entrar no quarto de hóspedes. Malvina pede que Rosa conte se é sua irmã. Isaura arranha Leôncio. Tomásia e sua família são expulsas da fazenda do conde Campos. Almeida tem ataque de tosse e manda chamar Leôncio. Malvina vê Leôncio sair do quarto de hóspedes. Miguel conversa com Belchior no jardim de Serafina. Almeida ameaça deserdar Leôncio. Moleca se declara para André. Tomásia acha um novo testamento do conde Campos. João fica doente.

Sexta, 03 de fevereiro
André sente saudade de Isaura. Leôncio pede um beijo à Isaura senão ele bate em João que está doente. Inesperadamente João enforca Leôncio. Henrique flagra Leôncio tentando matar João. Bernardo acha diamante em um riacho. Henrique diz que vai ajudar a comprar a liberdade de Isaura. Sebastião ameaça deserdar Henrique. Almeida tem outra visão de Gertrudes. Belchior pede Rosa em casamento. Tomásia inaugura a estação de trem. Bernardo conta a André que achou diamante. Almeida faz seu testamento com a alforria de Isaura.

Record TV vai reprisar novela ‘Ribeirão do Tempo’

sqdlqe4A Record reprisará ‘Ribeirão do Tempo’, novela escrita por Marcílio Moraes, protagonizada por Bianca Rinaldi e Caio Junqueira, exibida originalmente entre 2010 e 2011.

‘Ribeirão do Tempo’ voltará em fevereiro sucedendo ‘Amor e Intrigas’, no horário das 14h45. A trama é a prova que a Record seguirá apostando em reapresentar grandes produções de sua dramaturgia, após rumores que a emissora cancelaria a faixa para esticar o jornalístico ‘Balanço Geral’ e manter apenas uma reprise de novelas no ar, no caso hoje com ‘Vidas em Jogo’.

Em 2016, a Record solicitou a reclassificação de ‘Ribeirão do Tempo’ para o Ministério da Justiça quando ainda estava em vigor a faixa etária na televisão brasileira. A trama que foi apresentada como “proibida para menores de 14 anos” quando foi ao ar pela primeira vez, ganhou o selo “inadequado para menores de dez” para poder ser reprisada. No entanto, a emissora optou em reapresentar ‘Amor e Intrigas’ que acabou sucedendo, na época ,’Prova de Amor’.

A história de ‘Ribeirão do Tempo’ é ambientada numa cidade fictícia de mesmo nome, cuja população entra em rebuliço após a chegada da empresária Eleonora Durrel (Jacqueline Laurence) e de sua assistente Arminda (Bianca Rinaldi), que desejam construir um resort no local. Em paralelo a isso, ganha destaque o drama da humilde e batalhadora Filomena (Liliana Castro), que cai de amores pelo riquinho Tito (Ângelo Paes Leme) e passa a ser perseguida pela noiva do rapaz, Karina (Juliana Baroni), após se envolver com ele.

Me siga no Twitter: @beraldotv

Me siga no Instagram: @beraldotv

Curta a página do Portal 4 no Facebook, clique aqui

Colabore para o Portal 4 continuar com as suas atividades, saiba mais, clique aqui

“Amor e Intrigas” repete recorde de audiência

ER7_CH_AMOR_E_INTRIGAS_570kbps_2016-04-2199a17e10-e569-4bac-9401-02f32632629b-thumbA reprise da novela “Amor e Intrigas” exibida entre 14h45 às 15h45 pela Record, repetiu o seu recorde conquistado na estreia da reprise em maio de 2016. De acordo com os dados divulgados, a novela conquistou 9 pontos de média e 11 pontos de pico, ficando na vice-liderança isolada nesta segunda-feira ( A média geral da telenovela até o momento é de 7 pontos. Cada ponto na grande São Paulo equivale a 70,5 mil domicílios.

Me siga no Twitter: @beraldotv

Me siga no Instagram: @beraldotv

Curta a página do Portal 4 no Facebook, clique aqui

Colabore para o Portal 4 continuar com as suas atividades, saiba mais, clique aqui

A Escrava Isaura: Resumos dos capítulos de 16 a 20 de janeiro

a-escrava-mae-logo

Confira a seguir o resumo da novela“A Escrava Isaura”, entre os dias 16 e 20 de janeiro.

Segunda, 16 de janeiro
Leôncio agarra Isaura. Joaquina conta a verdade sobre a mãe de Rosa. Gertrudes, mesmo sem forças, discute com Leôncio. Gabriel tenta conseguir dinheiro emprestado para Miguel. Rosa conta ao Coronel Sebastião que é sua filha. Tomásia aceita emprestar dinheiro a Miguel. Leôncio diz a Henrique que se sente atraído por Isaura. O Conde Campos e Tomásia passam a noite juntos. Tomásia sonha com Leôncio. Gertrudes pede que chamem o tabelião para libertar Isaura. O Comendador Almeida jura libertar Isaura. Rosa conta a Leôncio que o Coronel Sebastião é seu pai. O médico diz que o estado de Gertrudes é ruim. Conde Campos aceita ajudar Miguel. Gabriel corre para avisar Miguel. Leôncio diz a Gertrudes que não ama Malvina. Conde Campos descobre que Tomásia quer na verdade se vingar de Leôncio. Leôncio diz a sua mãe que Isaura nunca será livre.
Tomásia tenta convencer o Conde Campos a fazer o empréstimo a Miguel. Tomásia pede que Miguel penhore seu anel de noivado escondido do Conde Campos. Leôncio agarra Isaura e Gertrudes sofre uma segunda dor no peito. Joaquina ouve Isaura gritando e pede ajuda. Dr. Paulo cuida de Gertrudes. André corre ao socorro de Isaura. Gabriel vai até a casa de Helena pedir sua mão em casamento. Miguel vai até a fazenda do Comendador, mas não o encontra. Conde Campos escuta Tomásia e Gioconda falando sobre o anel. Gertrudes sente pela terceira vez uma dor forte no peito. Conde Campos pede que Tomásia use o anel de noivado. Gertrudes quer que Leôncio jure que dará liberdade a Isaura, mas ele foge do assunto. Joaquina e João contam a André como sua mãe morreu. Comendador Almeida corre para ver Gertrudes. Isaura descobre que seu pai já conseguiu todo o dinheiro para libertá-la. Leôncio tenta convencer seu pai a não vender Isaura. Leôncio trama com Francisco um plano contra Miguel.

Terça, 17 de janeiro
Tomásia conta ao Conde Campos que o anel está no penhor. Comendador Almeida pede perdão a Gertrudes. Henrique tenta beijar Isaura, mas não consegue. Rosa conta a Henrique que são irmãos. Conde Campos diz a Tomásia que não sabe se cancela o casamento. Gertrudes morre ao lado do Comendador Almeida e Isaura. Malvina jura libertar Isaura. Capangas roubam todo o dinheiro de Miguel. Miguel vai até a fazenda dizer a Isaura que foi roubado.

Quarta, 18 de janeiro
Dr. Paulo examina Miguel. Conde Campos diz que Tomásia o enganou e pede separação. Joaquina fala para João que sabe quem roubou Miguel. Joaquina e João procuram o dinheiro de Miguel no quarto de Leôncio que os flagra e os ameaça. Coronel Sebastião consola Comendador Almeida. Helena pergunta ao Coronel Sebastião se Rosa é sua irmã. Sebastião manda Rosa parar de dizer que é sua filha. Tomásia pede desculpas ao Conde Campos. Almeida discute com Leôncio. Belchior conta a André como sua mãe morreu. Joaquina diz a Miguel que foi Leôncio que roubou o dinheiro. Gabriel se encontra com Helena. Gertrudes é enterrada. Francisco surpreende André perto do quarto de Leôncio.

Quinta, 19 de janeiro
André diz a Francisco que procura o dinheiro de Miguel. Francisco e André brigam. Ouve-se um tiro. Helena encontra Gabriel. André é colocado na prisão. Tomásia e Gioconda se lamentam. Miguel promete que vai recuperar o dinheiro roubado. Francisco conta a Leôncio que prendeu André. Rosa promete que vai ajudar no romance de Gabriel e Helena. Leôncio aponta a arma para Miguel. Comendador Almeida sofre com a morte de Gertrudes. Leôncio quer atirar em Miguel e ordena que Isaura saia da frente. Conde Campos faz juras de amor à Tomásia. Para salvar Miguel, Joaquina conta que foi ela que viu Leôncio receber o dinheiro. Leôncio manda Joaquina para o tronco.

Sexta, 20 de janeiro
Leôncio atira. Coronel Sebastião tenta contornar a situação. Joaquina é colocada no tronco. André e João planejam fugir. Malvina pede ajuda ao Comendador Almeida para salvar Joaquina. Gabriel volta para casa feliz. Leôncio quer que Isaura se entregue a ele em troca do perdão à Joaquina. Joaquina é castigada e o Comendador Almeida ordena que parem com as chibatadas. João cuida de Joaquina. André pede um beijo à Isaura. Malvina vasculha o armário de Leôncio que a pega em flagrante. Leôncio castiga André. Isaura encontra o dinheiro no armário de Leôncio. Leôncio prepara o ferro de marcar boi para queimar André.

Os resumos dos capítulos são disponibilizados pelas emissoras e estão sujeitos a mudanças em função da edição das novelas.

Me siga no Twitter: @beraldotv

Me siga no Instagram: @beraldotv

Curta a página do Portal 4 no Facebook, clique aqui

Colabore para o Portal 4 continuar com as suas atividades, saiba mais, clique aqui

Record TV renova contrato e reforça banco de atores

eri-johnson-assina-com-a-record-e-entra-para-o-elenco-de-belaventura-1A Record TV continua fechando contratos para a sua próxima novela ”O Rico e o Lázaro” folhetim que será exibido às 20h40 e ”Belaventura” trama que será exibida após a reprise de ”Escrava Isaura” na faixa das 19h40.

O canal contratou o ex-global Eri Johnson, Leonardo Medeiros e Helena Fernandes. 

Victor Hugo, Alexandre Slavieiro, Beth Goulart, Sérgio Marone e Gisele Itiê tiveram seus vínculos renovados por mais três anos. 

Me siga no Twitter: @sigaberaldo

Me siga no Instagram: @beraldo27

Curta a página do Portal 4 no Facebook, clique aqui

Colabore para o Portal 4 continuar com as suas atividades, saiba mais, clique aqui

Resumo da Novela: ”A Terra Prometida”: capítulos de 05 de julho a 08 de julho

hqdefault

Confira os resumos dos capítulos de 4 a 8 de julho da novela ” A Terra Prometida”.

Acontece no capitulo 001, terça-feira, 05 de julho

O comandante Tibar e muitos soldados cananeus observam Josué da muralha de Jericó, em Israel. Do outro lado da muralha, Josué, ao lado de Calebe, aguarda o momento certo para invadir.

Nas ruas de Jericó, o povo reclama da falta de água e comida. No palácio de Jericó, Tibar fala ao rei Marek que o povo está revoltado. O rei ordena que qualquer manifestação deve ser punida com a morte. Do lado de fora, Josué e Calebe avistam algo que chama a atenção. É um soldado mascarado que desaparece no deserto. Josué diz a Calebe que após a sétima volta ao redor da muralha, todos devem gritar acompanhando as trombetas dos Levitas. Deus revelou que, se agirem assim, o muro da cidade cairá abaixo e eles podem invadir. Algumas das mulheres hebreias estão reunidas, tensas, esperando pelos homens que estão participando da ronda a Jericó.

Moradores de Jericó brigam por um pedaço de pão. Raabe e Nobá passam pela rua e roubam um pedaço de pão e levam para casa. O pai Orias divide o pão entre os filhos e sua esposa Milah. Na masmorra do palácio, Tobias e Zuma ficam na expectativa dos acontecimentos. Orias retira o pano vermelho da janela contra a vontade de Milah. Raabe pede que deixe o pano na janela para todos da casa ficarem protegidos. Os hebreus continuam marchando ao redor das muralhas até completar sete voltas. Josué avisa aos hebreus para não levarem nada de Jericó, a não ser os metais preciosos que vão para a Casa de Deus, e que os únicos cananeus que serão poupados são os da casa da prostituta Raabe marcada com um pano vermelho. No palácio, Tibar e seu filho Sandor recebem Aça, o informante hebreu que avisa que Josué invadirá e não poupará ninguém, apenas a casa da prostituta. Tibar se assusta com a notícia e reune os soldades para matar Raabe. Sandor corre para avisar Raabe, levando-a para um lugar seguro.

Tibar alcança Raabe e atira uma lança para matá-la. Do lado de fora, os sete sacerdote levitas tocam as sete trombetas e Josué pede que todos gritem para invadir. No alto das muralhas, alguns caldeirões de óleo fervente viram, derrubam o óleo quente pelo chão, e logo são engolidos pelas fendas que se abrem. Os soldados cananeus recuam aterrorizados, gritando de pavor e tentam escapar das fendas. A partir desta apresentação, dá-se início ao tempo presente da novela. Em frente da grande tenda de Josué um grupo de hebreus cobra por um líder e questiona se Moisés morreu mesmo. Calebe e Eleazar dizem que Moisés escolheu Josué e que ele deve assumir a liderança e que Israel precisa dele. Josué olha para o céu e pede que Deus converse com ele para saber qual direção tomar. Deus conversa com Josué que fica atônito.

Acontece no capitulo 002, quarta-feira, 06 de julho

Deus dá a notícia a Josué da morte de Moisés. Josué se abala mas olha para o céu com muita coragem e determinação. Deus dá a ordem para Josué e seu povo passarem pelo rio Jordão e conquistar Israel. Deus diz que nunca desamparará Josué e que fará o povo herdar a terra que prometeu dar aos pais de Josué. Mas pede que tenha o cuidado de fazer tudo de acordo com os mandamentos Dele. Na tenda de reuniões, Josué dá a notícia da morte de Moisés para os doze líderes e ordena que todos peguem bastante comida para atravessar o rio Jordão e conquistar a terra que foi prometida. Eliebe luta contra Tarik. Tarik fere Eliebe. Aruna corre para ajudar Eliebe. Tarik arrasta Aruna em direção ao cavalo. Do alto da ribanceira, Josué salta sobre Tarik e os dois começam a lutar. Josué fere Tarik. Outros soldados aparecem e Josué e Aruana lutam contra eles. Os hebreus vencem a luta. Na tenda hospital, Darda e sua filha Chaia entendem de ervas e são responsáveis pelo atendimento aos doentes de Israel, são médicas e parteiras. Elas são auxiliadas por Jesana. Elas cuidam do ferimento de Elieber. Acã e seus filhos conspiram contra Josué. O novo libertador pede à Darda para tentar salvar o cananeu capturado. Aruna lamenta o incidente com Elieber. Josué se recorda dos conselhos de Calebe e diz para Aruna que precisarão avisar aos familiares de Elieber. Acã e Eliazafe duvidam que os hebreus consigam atravessar o rio Jordão. Na masmorra do palácio, uma virgem espera para ser sacrificada. Racom se depara com os soldados cananeus mortos e se enfurece ao notar que Tarik sumiu. A virgem é sacrificada na praça central de Jericó como parte do ritual sob os olhares da multidão, do rei Marek e da rainha Kalesi. Tobias e Maquir treinam com espadas, enquanto Jéssica, Samara e Livana assistem animadas. Zaqueu interrompe o treinamento para avisar do ataque a Elieber e Aruna. Ao ser avisada por Josué, Léia se desespera com a notícia. Samara sente ciúmes ao notar o jeito como Aruna agradece Josué. Assim que o rapaz deixa a tenda de Quemuel, Léia começa a culpar Aruna pelo ocorrido com seu filho mais velho. Enciumada, Samara ameaça Aruna. Quemuel intervém e consola a moça. Josué convoca os chefes das tribos Rúbem, Gad e Manassés para que eles encabecem o exército na travessia do rio Jordão na guerra contra os cananeus. Elói pede para lutar com os soldados, mas Josué diz que é melhor o rapaz cuidar de outros afazeres. Em conversa com Aruna, Quemuel avisa que mexer no passado só trará dor a ela. Elói avisa sobre a chegada dos líderes das três tribos. Raabe é humilhada pelas pessoas no comércio da cidade de Jericó e se desespera ao ser ameaçada por Tibar. Josué conversa com os líderes das tribos. Ele avisa que Moisés estabeleceu que eles deveriam encabeçar o exército rumo à Terra Prometida. Eliazafe e Haniel avisam que eles não terão condição de atravessar o Jordão e muito menos invadir Jericó. Os dois líderes dizem que o pedido de Josué é uma loucura e o clima esquenta entre eles. Tibar se distrai e Raabe consegue fugir. Ele começa a persegui-la. O oficial alcança Raabe, que pede perdão. Desesperada a prostituta pede para Tibar matá-la. Ele a liberta em tom ameaçador. Eliazafe e Haniel pedem um tempo para dar a resposta a Josué. Calebe se irrita com a desconfiança do povo. Ao saber das riquezas em Canãa, Acã decide apoiar Josué com segundas intenções. Ele começa a convencer Haniel a seguir para a Terra Prometida. Salmon conversa com Lila sobre seus antepassados. Elieber tem delírios no leito. Aruna sofre ao ver o rapaz naquele estado. Samara impede que a moça continue cuidando de seu irmão. Maquir lança um olhar apaixonado à Livana, que disfarça. Merodaque oferece o sangue da virgem aos deuses do templo de Jericó. A rainha Kalesi se antecipa e toma o cálice com sangue das mãos do sacerdote. Ela oferece aos deuses e questiona Merodaque sobre a veracidade do ritual. O sacerdote avisa que o reino está totalmente protegido. Maquir se declara à Livana, mas ela pede para o rapaz esquecê-la. Ele puxa a moça pelo braço e a surpreende roubando-lhe um beijo. No salão da estalagem, muitos clientes nas mesas. Farduk e algumas prostitutas, entre elas, Liora e Raabe servem as mesas. Farduk repara em Raabe num canto, retraída, assustada, triste, quase se escondendo. Farduk vai conversar com ela e conta toda a história dos hebreus desde a época de Moisés e Ramsés. Raabe fica encantada com o poder do Deus dos hebreus. No palácio, o rei Marek é surpreendido com a visita de Racom. O soldado conta que os soldados foram mortos pelos hebreus e que Tarik foi capturado.

Acontece no capitulo 003, quinta-feira, 07 de julho

Furioso, o rei Marek avisa que se banhará no sangue dos hebreus. Enquanto Raabe fica encantada com o Deus de Israel, Farduk avisa que este povo jamais conseguirá invadir Jericó. Elieber acorda e chama por Aruna. Samara e Léia não gostam do que ouvem, mas decidem atender ao pedido do rapaz e chamam a moça. Elieber pede para ficar sozinho com ela. Tarik finge estar desacordado enquanto avista uma faca na tenda. Elieber diz para Aruna nunca esquecer quem é e, logo em seguida, morre em seus braços. Léia se desespera com a morte do filho e, junto de Samara, culpa a moça pela morte de Elieber. Tarik aproveita a distração de todos e consegue pegar a faca, escondendo-a sob o lençol. Jéssica consola Aruna. Tibar chega à estalagem de Farduk e força Raabe a se deitar com ele. Aruna não suporta os últimos acontecimentos e chora desesperada. Tarik nota a presença de Samara e a faz de refém, ameaçando-a com a faca. Jesana corre para avisar a Josué. Raabe aproveita enquanto Tibar dorme para pegar a espada do oficial. Empunhando a faca contra o pescoço de Samara, Tarik pede para falar com o líder do acampamento. Raabe não tem coragem para atacar Tibar. Salmon tenta negociar com Tarik. Tibar acorda e não nota que Raabe tentou lhe matar. Josué chega à tenda onde Samara está sendo ameaçada. Ele tenta acalmar Tarik. Raabe engana Tibar ao fingir gostar do comandante. O Oficial conversa com Racom sobre os hebreus. Samara grita pedindo a ajuda de Josué. Tarik pede um cavalo para a fuga, mas Josué exige que Samara seja libertada antes. Em conversa com Liora, Raabe diz ter medo da obsessão de Tibar e revela que o comandante tirou sua chance de ser feliz. Tarik tenta matar Samara, mas é atingido por uma flechada disparada pelo misterioso soldado mascarado. Léia e Quemuel tentam acalmar a filha após o ataque de Tarik. Samara distrata Aruna e impede que a moça durma em seu quarto. No celeiro, Aruna pede força a Deus. Darda, Chaia e Jesana preparam o corpo de Elieber para o sepultamento. Iru provoca Maquir e eles brigam. Salmon intervêm e diz que não pode haver brigas entre os hebreus. Livana diz a Maquir que não é certo se relacionarem, mas ele a beija. Sem ser percebido, o menino Gael vê Maquir e Livana se beijando. Calebe repreende Iru por desrespeitar um líder tribal. Haniel diz que é uma sina ter um filho imprestável como Gael. Maquir aconselha o pai a ir para a guerra. Ele descobre que Gael viu o beijo em Livana e pede segredo ao irmão. Josué lamenta a morte de Elieber. Farduk, Liora e Raabe comentam sobre a força do Deus dos hebreus. Começa o cortejo fúnebre de Elieber. Tibar avisa que não é possível atacar todos os hebreus de uma só vez. O general aconselha o rei a começar atacando o líder Josué. Aruna assiste de longe ao enterro de Elieber. Boã, Eliazafe e Haniel dizem a Josué que suas tribos participarão da guerra ao lado do líder hebreu. Satisfeito, Acã observa com a certeza de que poderá lucrar com a guerra. Josué declara o avanço à Terra Prometida de Canaã. No fim do enterro, Josué avista Aruna afastada e vai até ela. Ele oferece companhia até sua casa, mas a moça recusa. Salmon incentiva os outros hebreus a continuarem treinando. Jéssica diz que não vê a hora de estar casada com Salmon. Iru zomba do jeito como Otniel luta. Acsa também debocha do rapaz, enquanto Lila o incentiva. Gibar flerta com Acsa. Josué comenta sobre o soldado mascarado com Aruna, mas a moça desconversa. Racom e outros soldados cananeus os observam de longe e começam a segui-los. Sorrateiramente, Racom e os oficiais cananeus matam dois soldados hebreus. Eles escondem os corpos e se disfarçam usando as roupas dos hebreus. Racom e os outros soldados invadem o acampamento e espreitam Josué.

Acontece no capitulo 004, sexta-feira, 08 de julho

Racom e os outros soldados cananeus espreitam Josué no acampamento hebreu. Samara se incomoda ao ver Aruna chegando com Josué. Léia tranquiliza a filha dizendo que Aruna não é mulher para o rapaz. Ela aconselha Samara a não destratar a irmã de criação na frente de Josué. Léia faz questão de chamar o novo líder hebreu para a janta. Com segundas intenções, ela pede para Samara preparar o jantar. A moça se mostra atrapalhada na cozinha. A rainha pede a Merodaque para oferecer mais oferendas e sacrifícios aos deuses com a intenção de derrotar Josué. Kalesi escolhe algumas mulheres para satisfazerem o rei enquanto pede para Tupak beija-la. Merodaque ora aos Deuses pedindo a destruição de Josué. Enojada, Raabe chora depois de deitar-se com um cliente. Samara serve Josué, mas ele se mostra insatisfeito com o sabor da comida. Ela se insinua para ele e o rapaz afirma que seu compromisso é com a guerra. Josué elogia a habilidade de Aruna com a espada, para o incômodo de Samara. Escondidos no acampamento, Racom e os soldados cananeus continuam a espera de Josué. Enquanto caminha de volta para casa na companhia de Liora, Raabe é roubada e perde todas as moedas que ganhou na noite. Orias se revolta ao ver a filha chegando em casa sem dinheiro e parte pra cima de Raabe. Racom ordena que os soldados cananeus ateiem fogo na tenda de Quemuel. Os homens atiram flechas de fogo na moradia. Josué, Aruna e os outros se desesperam ao notar que a tenda está pegando fogo. Nobá chora ao presenciar Raabe ser agredida por Orias. Em meio a todo desespero, Josué ordena que ninguém saia da tenda em chamas. Tobias desobedece e deixa o local. Léia se desespera ao ver o filho sair. Racom vê o hebreu do lado de fora da tenda e manda os soldados atirarem flechas. Tobias corre apavorado tentando escapar, mas é atingido por uma flechada na coxa. Quemuel lamenta a atitude do filho de fugir da tenda. Chaia avista a tenda de Quemuel pegar fogo e vai buscar ajuda. Josué tenta usar uma mesa como escudo para protegê-los. Aruna se dispõem a lutar com Quemuel e Josué. Eles saem da tenda usando a mesa como escudo. Racom e os soldados cananeus puxam suas espadas. Aruna, Josué e Quemuel lutam contra dez soldados cananeus. Ferido, Tobias observa a luta escondido. Josué defende Quemuel de um golpe fatal. Zaqueu chega ao local com outros hebreus. Eles começam a levar vantagem no combate. Josué e Aruna voltam para a tenda e salvam Samara e Léia. Racom percebe que estão em desvantagem e ordena que seus homens recuem. Os guerreiros hebreus comemoram a vitória do confronto. Chaia e Zaqueu socorrem Tobias. Quemuel abraça Aruna agradecendo por ela ter lutado bravamente. Léia observa e se incomoda. Samara corre para agradecer a Josué. O líder hebreu oferece sua tenda para abrigar a família de Quemuel. Com as costas marcadas dos golpes da surra, Raabe suplica pela a ajuda dos deuses. Josué pede que Elói prepare as camas para a família de Quemuel. Léia não gosta de ouvir o marido dizer que Josué se daria melhor com Aruna do que com sua filha. Samara afirma que Josué está apaixonado por ela. Aruna se recorda do momento em que foi salva por Josué. O novo líder hebreu ora a Deus. Nobá ajuda Raabe a cuidar dos ferimentos. O dia amanhece e o maná cai do céu sobre o acampamento hebreu. Josué acorda e se depara com a mesa posta por Aruna. Ele elogia o maná preparado por ela. Elói se impressiona ao notar que a moça cuidou de todas as tarefas. Aruna estranha a demonstração de preocupação de Josué. Enquanto lavam roupas a beira do rio Jordão, as mulheres hebreias comentam sobre a guerra que está por vir. Acã conversa com seus filhos, Melquias e Gibar. O vilão afirma que Josué não é o melhor líder para os hebreus e seria melhor se ele fosse morto pelos cananeus. Na tenda de Josué, Calebe também elogia o maná preparado por Aruna. Quemuel nota que Josué tem um coração amolecido. Enquanto tira leite da vaca, Aruna conversa com o animal. Calebe e Eleazer aconselham Josué a não mostrar suas fraquezas ao povo. Josué avisa a Elói que Quemuel e seus familiares precisam logo deixar sua tenda. Sem ser percebida, Aruna escuta a conversa. Lila questiona Gael sobre seu jeito quieto e o convida para brincar com os demais. Josué pede que Calebe reúna os líderes de todas as tribos. Samara tenta provocar Aruna, mas não consegue. Escondido, Otniel observa Acsa lavar roupa. As crianças o encontram e percebem que ele observava a moça. Eles chamam Acsa e Otniel se joga no rio para se esconder dela. Os doze chefes tribais se reúnem com Josué. O líder dos hebreus avisa que é preciso atacar os cananeus para avançarem em direção à Terra Prometida. Alguns líderes tribais discordam. Firme, Josué avisa que aqueles que não aceitarem as ordens de Deus serão considerados traidores, desertores de Israel.

Colabore com o Portal 4, saiba mais clicando aqui. 

Me siga no Twitter: @sigaberaldo

Record exibe último capítulo de ”Os Dez Mandamentos- Nova Temporada”, confira

Moises-elenco-Os-Dez-Mandamentos-Nova-TemporadaNesta segunda-feira (04), será exibido o último capítulo da saga de Moisés novela da TV Rede Record. A emissora não divulgou os últimos resumos. Mas é possível ter uma ideia do que vai acontecer nesse capítulo final da trama adaptada por Vivian de Oliveira.

As duas temporadas, a 1ª com 176 capítulos e a atual com 66 capítulos, ficando no total de 242 capítulos.  

Último capítulo

Uma das cenas mais aguardadas é a morte de Cosby. Mas, antes o rei Zur consegue arrancar de Balaão (Leonardo Vieira) uma ideia de como derrotar os hebreus. A estratégia é mandar mulheres moabitas e midianitas para seduzir os hebreus e assim caírem em tentação. Com o pecado, os hebreus não terão mais ajuda do Deus de Israel.

Zur manda Cosby e as outras sacerdotisas seduzirem os hebreus. Com a queda dos israelitas, Deus envia uma praga que começa a matar vários hebreus. Um homem de Deus chamado Fineias (Rafael Queiroz), filho de Eleazar (Bernardo Velasco), pega Cosby e um soldado hebreu no acampamento. Fineias, não gostando da atitude dos dois, pega uma lança e mata imediatamente o casal com um só golpe, atravessando ambos. Imediatamente, Deus cessa a praga e abençoa Fineias.

Outra cena muito aguardada pelo público é o encontro de Betânia (Marcela Barrozo) com a sua filha Talita (Ray Erlich). Se for a Talita mesmo, Betânia conseguirá se livrar de Moabe e se encontrará finalmente com a sua filha.

Cena especial será o encontro de Adira (Rayana Carvalho) com o seu filho Abner e com a sua filha Raya (atores não divulgados). Com isso, Ezequiel (Rohan Baruck), filho de Adira com o general Oren (Alexandre Barros), finalmente conhecerá os seus irmãos e a sua tia Betânia.

Arcanjo e o diabo

Moisés é chamado por Deus e o libertador sobe no Monte, já perto de Jericó, para ali morrer e ser enterrado pelo próprio Deus. Porém, o diretor Alexandre Avancini prometeu aos fãs de “Os Dez Mandamentos” que irá exibir a disputa do Arcanjo Miguel contra o Diabo, que deseja o corpo de Moisés. O anjo de Deus então consegue derrotar e expulsar o Diabo do local do enterro. Até hoje ninguém sabe onde está o corpo da maior profeta de todos os tempos. 

Colabore com o Portal 4, saiba mais clicando aqui. 

Me siga no Twitter: @sigaberaldo

 

Resumo das novelas: “Os Dez Mandamentos” de 21 a 25 de setembro

Os-Dez-Mandamentos-620x348

Confira os resumo dos capítulos da novela ”Os Dez Mandamentos”.

Segunda-feira (21/09)

Yunet diz que ouviu uma conversa em que Henutmire está planejando fugir com a ajuda de Moisés, deixando o faraó com ódio. Henutmire arruma os pertences com a ajuda de Leila e é flagrada por Ramsés. Moisés conta para Joquebede e Miriã que Deus castigará os animais dos egípcios na nova praga.

Mãe e filha se espantam ao saberem que Henutmire quer morar na vila dos hebreus. Leila sai e Ramsés avisa que a irmã não a deixará ir embora. Henutmire mostra-se decidida e afirma que o Deus hebreu irá protegê-la. Furioso, o rei ordena que os guardas prendam a princesa.

Terça-feira (22/09)

Safira pressiona os sobrinhos e Assir e Encana confessam que roubaram o cajado de Moisés. Ramsés questiona Uri ao perguntar se agiu certo em expulsar Hur do palácio. Em conversa com Karoma, Leila lamenta a decisão de Yunet. Uri promete permanecer ao lado de Ramsés e diz negar o Deus dos hebreus. Enquanto executa seus afazeres, Leila é humilhada pela mãe da rainha. Paser visita Henutmire na cela.

Uri se mostra firme na decisão de permanecer ao lado dos egípcios. Leila se arrisca e decide visitar Henutmire. A hebreia pede a Gahiji para preparar uma cesta com alimentos para a princesa.

Moisés se abre com Oseias e diz sentir falta de Zípora e dos filhos. Ana e Judite lamentam o comportamento de Apuki. Joquebede sugere que Miriã tire Hur do coração. Eleazar conta a história de José do Egito para Fineas dormir.

Quarta-feira (23/09)

Ramsés diz que Moisés não irá impedi-lo de nada e decide manter o cortejo. Paser avisa que o touro sagrado morreu e Ramsés se desespera. Inconformado, o rei cancela tudo e decreta luto em todo o Egito. Hur fica emocionado ao entrar pela última vez na oficina do palácio. Simut entrega o cajado para que Hur devolva-o a Moisés.

Yunet reclama do cancelamento do cortejo e descobre que Hur está de saída do palácio. Bakenmut proíbe os guardas de alimentarem Henutmire. Leila, Chibale e Gahiji se emocionam na despedida de Hur. Arão afirma que Ramsés está descobrindo da pior maneira que nenhum deus egípcio pode ajudá-lo.

Quinta-feira (24/09)

O faraó desconta sua raiva em Nefertari e Amenhotep. Ikeni encontra Bakenmut no corredor do palácio e conta sobre o impasse entre Moisés e o rei. O libertador dos hebreus chega em casa e conta que foi ameaçado de morte por Ramsés. Leila descobre que Henutmire está sendo impedida de receber comida.

Yunet e Bakenmut dizem que gostariam de ver Moisés morto. O profeta afirma que irá libertar Henutmire. Abigail sente-se mal novamente e todos ficam esperançosos com possível gravidez. Ana e Judite discutem com Apuki e Jairo. Meketre tenta confortar Tais, que lamenta a ausência de suas damas de confiança. Moises conta para Arão sobre a prisão de Henutmire. Zelofeade se emociona e agradece a Deus pelo filho que virá.

Sexta-feira (25/09)

Gahiji e Chibale ficam apreensivos com a visita de Yunet a cozinha. Meketre defende Bak ao vê-lo sendo maltratado por Ahmós. Yunet surpreende Henutmire ao aparecer na prisão para servi-la. A princesa tenta não ceder às provocações de Yunet, que sai e a deixa a dúvida se a comida esta envenenada.

Amenhotep lembra que Moisés foi um bom guerreiro e conta que ele pode organizar uma rebelião entre escravos, preocupando Nefertari. Apesar da fome, Henutmire resiste à tentação e entrega a comida intacta para o guarda, que estranha a atitude. Deus avisa Moisés que uma nova praga irá surgir.

Gahiji chama atenção do servo que entregou a comida de Henutmire para Yunet. Nefertari flagra Radina defendendo Moisés. Paser decide procurar Yunet. Nefertari avisa Radina que não vai admitir nenhuma simpatia por Moisés. Hur fica bastante preocupado ao saber que Henutmire irá sofrer caso as pragas continuem.

Os capítulos podem sofrer alteração sem aviso prévio pela emissora. 

Me siga no Twitter:  sigaberaldo

Me siga no Instagram: sigaberaldo1

Resumo das novelas: capítulos de “Os Dez Mandamentos” de 14 a 18 de setembro

Os-Dez-Mandamentos-620x348

Confira os resumo dos capítulos da novela ”Os Dez Mandamentos”.

Segunda-feira (14/09)

Moisés explica para Ramsés que os acontecimentos não dependem dele e que foi apenas escolhido por Deus para liderar o povo. O rei entende que Moisés busca a libertação dos hebreus e pede que ele suma.

Moisés conta que a teimosia do rei terá graves consequências aos egípcios e sai. Henutmire diz que o dever de Nefertari é zelar pelo reino e aconselha a convencer Ramsés a ceder o pedido de Moisés. Apuki observa indignado a obra paralisada e Jairo comenta que o rei deve tomar uma providência o quanto antes.

Bak perde a coragem de falar na frente de todos que é filho de Meketre. O comerciante inventa que o menino apareceu para buscar o pagamento da joia feita por Bezalel e Tais nem desconfia. A sós, Meketre lamenta a situação de Bak, mas afirma que não há como ter certeza de que é pai dele por causa da profissão de Karen. Revoltado, Bak explode e avisa que Meketre pode ficar tranquilo, já que nunca mais irá encontrá-lo.

Paser informa Ramsés que muitos egípcios estão na porta do palácio esperando uma palavra do rei para que os aliviem. Meketre explica para Ramsés que o Egito está passando por problemas sérios, porém o faraó diz que saberá resolver todos eles. Ikeni e Bakenmut são ordenados a conter as pessoas que estão fora do palácio.

Terça-feira (15/09)

Apuki percebe a aproximação de muitos escravos e desiste de agredir Joquebede.

Arão fica irado ao saber da atitude do feitor. Oseias afirma que Ana partirá com os hebreus para a Terra Prometida. Jairo conta que Apuki quase bateu em Joquebede. Ana e Judite ficam horrorizadas. A moça alerta o irmão sobre a partida do povo hebreu. Na casa de Zelofeade, Bak agradece a todos por terem lhe dado uma família.

Simut diz que acompanhará Paser na ida à casa de Moisés. O assistente do sacerdote pede para Ikeni acompanha-los até a vila dos hebreus. Apuki cobra explicações de Ana e é surpreendido com a chegada de Arão em sua casa. Yunet bate em Corá para Moisés acreditar que o hebreu foi agredido pelos feitores. Arão diz que toda a maldade de Apuki pode se voltar contra ele. Paser avisa à Henutmire sobre sua ida à casa de Moisés.

Corá chega a casa de Joquebede e finge ter sido espancado por feitores. Oseias desconfia da atitude de Corá e alerta Calebe sobre o caráter do rapaz. Yunet, escondida, observa a casa de Joquebede. Uri não concorda em ir até a vila dos hebreus com Leila. Janes e Jambres fazem um ritual para os deuses egípcios.

Acompanhados de Ikeni, Paser e Simut caminham temerosos pela rua. Aflita, Karoma aguarda pelo marido. Datã diz para Safira que quer ter um filho. Em conversa com Hur, Henutmire diz que uma das piores coisas é a fúria de uma mulher rejeitada, se referindo à Nefertari.

Quarta-feira (16/09)

Preocupado, Oseias alerta Ana que uma nova praga está por vir.

Paser questiona Moisés se existe algum ritual para acalmar a ira de Deus. Joquebede explica que a oferenda que mais agrada o Senhor é a fé inabalável. Moisés explica que crê em Deus, já o escutou diversas vezes e é guiado por Ele, deixando Paser encantado. Simut e Paser confessam temer o rumo dos acontecimentos diante da resistência de Ramsés.

Moisés revela que o objetivo de sua volta é libertar o povo da escravidão e tirá-lo do Egito. Os sacerdotes ficam chocados com a confissão. Ramsés pensa saudoso em Moisés e é surpreendido com a chegada de Nefertari. Moisés pede que Paser e Simut guardem o plano dos hebreus em segredo, e diz que as pragas só acabarão quando Ramsés obedecer à ordem de Deus.

Quinta-feira (17/09)

Ramsés ordena que Bakenmut chame Moisés e Arão.

Ana e Judite chegam com Tais e os filhos na vila dos hebreus. Elas percebem que agora estão protegidas das moscas. Hori e Meryt estranham a atitude de Bak. Arão conversa com os filhos sobre a invasão das moscas. Bakenmut e Ikeni caminham em direção a casa de Moisés. Eldade descobre que Bak é filho de Meketre.

Moisés se surpreende ao se deparar com os oficiais egípcios na porta de sua casa. Abigail tenta confortar Bak. Corá vai até a casa de Datã e pede para ver os filhos. Moisés e Arão saem para o encontro com o faraó. Corá reencontra os filhos e os convida para um passeio.

Sexta-feira (18/09)

Yunet diz ao faraó que foi enviada pelos deuses para ajuda-lo e diz não ser prudente ignorar esses sinais e diz a Ramsés que deseja voltar para o palácio.

Arão, Oseias, Eliseba e Eleazar procuram pelo cajado de Moisés, sem sucesso. Miriã diz a Moisés que o cajado pode ter sido roubado, já que os egípcios podem ter concluído que o poder emana do objeto.

Pensativo, Moisés concorda com o pensamento da irmã. Corá aparece na casa de Joquebede e se faz de surpreso com o sumiço do cajado. O libertador conta para Corá que o roubo não irá atrapalhar os planos de Deus. Ramsés e Nefertari avaliam o pedido de Yunet. Finalmente o faraó permite a volta de Yunet ao palácio, que satisfeita, entrega o cajado ao rei.

Os capítulos podem sofrer alteração sem aviso prévio pela emissora. 

Me siga no Twitter:  sigaberaldo

Resumo das novelas: capítulos de “Os Dez Mandamentos” de 7 a 11 de setembro

Os-Dez-Mandamentos-620x348

Confira os resumo dos capítulos da novela ”Os Dez Mandamentos”.

Segunda-feira (07/09)

Ramsés sente-se mal e é amparado por Moisés.

O faraó tem um ataque de raiva e expulsa o hebreu do palácio. Em conversa com Bezalel, Meketre assume que desconfia da paternidade de Bak. Eles são interrompidos por Tais. Ela chega cambaleando e diz que os filhos estão passando mal. Antes de terminar de falar, a esposa de Meketre desmaia. Abigail tenta cuidar de Bak, mas o menino se recusa a se alimentar. Ela diz para Deborah e Zelofeade que eles precisam dizer a verdade ao filho de Karen.

Paser reza para os deuses ajudarem o Egito. Datã pede perdão à Safira, mas a moça diz que a ferida ainda não cicatrizou. Corá ajuda Yunet a se recuperar. Joquebede aconselha Miriã a perdoar Hur. Oseias, Arão e Calebe se mostram confiantes em Deus. A família de Meketre é salva por Zelofeade, Abigail e os outros hebreus. Um servo da rainha passa mal enquanto a abana. Indiferente, Nefertari ordena que Radina o retire dali. Datã não permite que Abirão vá morar com ele.

Bak salva a vida da gata Mekal. Hori o convida para brincar em sua casa. Sem graça, Meketre desconversa. Zelofeade e Abigail ficam felizes ao notarem que Bak está reagindo. Leila diz acreditar que Moisés seja o salvador. Moisés chega e fala sobre o encontro com o faraó. Quatro dias se passam e Arão e Eliseba se preocupam com a reserva de água dos hebreus.

Os egípcios sofrem com a falta de água. Radina acode uma das viúvas de Seti que acaba de desmaiar no palácio. Karoma e Ikeni pedem para Paser e Simut salvarem Pepy. Bakenmut também passa mal. Gahiji pede para Chibale aguentar firme.

Simut também não aguenta a fraqueza e desmaia. Janes e Jambres aconselham Ramsés a deixar os hebreus partirem, mas o faraó se recusa. Meketre e Tais sofrem com a praga. Enquanto Apuki e Jairo vomitam, Ana desmaia. Judite fica horrorizada. Safira chora desesperada e abraça Datã. Uri diz achar que está morrendo.

Moisés pede a Deus e toda a água Nilo volta a ficar limpa. Os hebreus vibram ao notarem a pureza da água na fonte dos escravos. Os egípcios matam a sede no palácio. Ramsés diz que os magos fizeram um excelente trabalho. Paser revela que Janes e Jambres também ficaram surpresos com a transformação da água. Bakenmut chega e diz que o rei precisa acompanha-lo. O oficial avisa que Moisés está no palácio. Janes e Jambres analisam os papiros de Paser.

O sacerdote aconselha que o faraó receba Moisés. Apuki recrimina Ana ao ouvi-la falando do Deus dos hebreus. Oseias pede para Nadabe manter a fé. Arão alerta que o sofrimento dos egípcios só está começando. Karoma teme que o Deus dos escravos envie outra praga. Uri bebe água e volta a se recuperar. Paser alerta Nefertari sobre o que ainda está por vir.

Gahiji se preocupa com a nova visita de Moisés ao palácio. Paser e os magos tentam curar o soluço de Simut. Corá e Yunet tentam armar algum plano para descobrirem a origem da força de Moisés. Ramsés se recusa a atender ao pedido de Deus e Moisés o ameaça, dizendo que algo muito pior está por vir.

 

Terça-feira (08/09)

Moisés questiona se Ramsés não quer mesmo saber o que está por vir.

Safira recebe a visita de Joquebede e Miriã. Tais e Meketre comemoram a volta da água limpa. Deborah, Zelofeade e Abigail ficam admirados ao verem a joia que Bezalel criou por encomenda de Meketre. Apaixonado, Oseias afirma para Calebe que ainda conseguirá viver ao lado de Ana.

Judite percebe que Ana não para de pensar em Oseias e assume que gostaria de vê-la feliz. Irritado, Ramsés se nega a contar para Nefertari detalhes da conversa com Moisés. Leila atende ao pedido de Moisés e o leva ao quarto de Henutmire. Emocionado, Bak diz para Bezalel que adoraria ter passado mais tempo com Karen e revela a vontade de conhecer o pai. Gahiji sugere que Uri procure Bezalel e faça as pazes com o filho.

Henutmire fica espantada ao saber que a missão de Moisés não é somente levar o povo hebreu para prestar culto no deserto, mas também libertar todos da escravidão. Nefertari confessa para Karoma que ficou curiosa para saber o assunto do encontro entre Moisés e Ramsés. Moisés revela para Henutmire que a promessa de Deus é levar os hebreus para a terra prometida e Ramsés não conseguirá vencer o poder divino. Uri agradece Leila ter salvado a vida dele e beija a esposa apaixonadamente. A sós, Bezalel não resiste e dá um beijo em Deborah.

Zelofeade ora para que Deus conceda a graça de ter um filho com Abigail, deixando-a emocionada. Nefertari encontra Moisés no corredor do palácio e pede para conversar. Deborah recrimina a atitude de Bezalel, quando Zelofeade e Abigail chegam, notando um clima estranho entre eles. Deborah vai para o quarto e Abigail questiona Bezalel sobre o que realmente aconteceu.

Moisés explica para Nefertari que, caso Ramsés continue sendo intransigente, o Egito sofrerá e não há nada que se possa fazer para impedir. Pensativa, Nefertari chora de ódio ao lembrar-se dos momentos com Moisés. Tais reclama ao ver Meketre saindo, mas ele avisa que vai buscar a joia para presenteá-la.

Ao perceber que o amor entre Bezalel e Deborah é sincero, Abigail incentiva o sobrinho a pedi-la em noivado. Corá sonha que está na Casa de Senet assistindo uma apresentação de Yunet. Ahmós fica temeroso ao receber Meketre para conversarem sobre Karen. Datã acaricia Safira e nem desconfia que Bina observa o casal com inveja.

Desconfortável, Safira pede que o marido tenha paciência, pois não se sente pronta para se entregar. Ahmós finge estar penalizado pela morte de Karen e consegue convencer Meketre, que fica chateado com a notícia. Moisés conta para a família que Ramsés insiste em proibir os hebreus de partirem e diz que Deus terá que intervir.

Satisfeitos com a volta da água limpa, Apuki e Jairo saem animados para a obra. Judite pede que Ana não comente com ninguém sobre a libertação do povo hebreu. Arão avisa que os filhos não precisarão ir para o trabalho e sai com Moisés. Com ajuda de Janes e Jambres, Ramsés faz orações especiais e oferendas aos deuses. Moisés e Arão aproximam-se das margens do Nilo. Arão estende o cajado sobre o rio e percebe uma movimentação nas águas. Rãs começam a saltar da água e os irmãos ficam impressionados com o poder de Deus.

 

Quarta-feira (09/09)

Milhares de rãs tomam as margens do rio Nilo.

Bezalel conversa com Zelofeade e pede a mão de Deborah em casamento. O marido de Abigail aceita o pedido. Meketre se recorda de alguns momentos com Karen. Ele é acordado por Tais, que quer saber da joia. Meketre diz que não conseguiu se encontrar com Bezalel. Aoliabe percebe o clima entre Bezalel e Deborah.

Moisés avisa Joquebede que a segunda praga já começou. Centenas de rãs começam a invadir o palácio. Nefertari acorda e se desespera ao se deparar com tantas rãs. Paser avisa o faraó sobre a invasão dos anfíbios. Gahiji também alertado por Chibale. Henutmire e Hur se assustam ao ouvirem ruídos de rãs batendo contra a porta. Moisés conta para os seus familiares sobre o encontro com Deus. Arão comenta com os filhos sobre a segunda praga.

As rãs invadem a casa de Meketre. Ramsés fica furioso ao perceber que Janes e Jambres não fizeram os animais desaparecerem. Paser tenta rezar para a deusa Heket. Gahiji e Chibale tentam limpar a cozinha. Amenhotep e Pepy se divertem com as rãs no palácio. Na cidade, os egípcios se desesperam com a praga. Uri e Leila percebem que as rãs só perseguem os egípcios.

Meketre tenta falar com Bezalel, mas não o encontra em casa. Abigail aproveita e diz que precisa conversar sobre Bak. Yunet e Corá constatam que a praga só atinge o povo egípcio. Aoliabe fica feliz por não ter que trabalhar.

Meketre se recusa a falar sobre Bak com Abigail, mas encontra o menino ao tentar deixar a casa de Zelofeade. Ele fica sem graça e pega a joia com Bezalel. Apuki teme que a invasão das rãs seja outra praga do Deus dos hebreus. Arão diz para Zelofeade que apenas Deus sabe quando o faraó permitirá a saída dos escravos.

Moisés avisa aos familiares que desta vez Ramsés pedirá a sua presença. De repente eles são surpreendidos com a chegada de Bakenmut. O oficial avisa que o faraó deseja falar com Moisés e Arão. O Rei diz que permitirá a partida dos escravos.

Em troca ele pede para Moisés livrar os egípcios da praga das rãs. Datã chega mais cedo em casa e presenteia Safira com uma flor. Yunet sugere que Corá se reaproxime de Moisés. Bezalel pede Deborah em casamento. Miriã e Joquebede se mostram esperançosas com a liberdade do povo hebreu. Moisés pede para Deus livrar o povo egípcio da invasão das rãs. O Senhor avisa que ainda não acabou e ordena que Moisés volte ao palácio acompanhado de Arão.

Os egípcios ficam aliviados ao verem que as rãs foram embora. Ao notar o fim da praga, Paser pergunta se o faraó deixará os escravos partirem. Bezalel anuncia o noivado com Deborah. Aoliabe não gosta da notícia e diz que deveria ser consultado antes. Deborah se entristece com a atitude do irmão. Apuki fica irado com a ausência dos escravos na fabricação de tijolos. Ramsés se recusa a receber Moisés e Arão novamente.

Chateado, o libertador pede para o irmão fazer o que Deus mandou. Joquebede avisa aos hebreus sobre a promessa do faraó. Paser se preocupa com a quebra de palavra do rei. Moisés pede para Arão tocar o solo com o cajado. De repente surge uma nuvem de piolhos se deslocando em direção ao palácio.

Quinta-feira (10/09)

Moisés e Arão ficam preocupados com o sofrimento dos egípcios devido à resistência de Ramsés.

O rei se assusta ao saber por um oficial do surgimento de outra praga. Nefertari e Karoma começam a se coçar por causa da infestação de piolhos. Paser confirma para Simut a chegada de uma nova praga e o assistente assume que o Deus dos hebreus é mais poderoso do que tudo.

Desesperada, Nefertari avisa Ramsés que o palácio está repleto de piolhos, deixando-o com medo. Chibale nota que a cozinha está cheia de piolhos e Gahiji se espanta. Moisés e Arão revelam para o povo que Deus castigou Ramsés por não cumprir a promessa de ceder após o fim da praga das rãs. Todos ficam surpresos ao saberem que o pó da terra dos egípcios se transformou em piolhos. Moisés pede que os hebreus sejam pacientes, pois Deus está agindo a favor do povo.

Datã encara Corá ao avistá-lo na vila. Depois de quase implorar para Aoliabe, Deborah consegue ter a aprovação do irmão no noivado com Bezalel. Bak questiona Abigail se existe algum modo de descobrir a identidade do pai.

Firme, Corá cobra o direito de ver os filhos e Datã assente, contendo a raiva. Furioso, Ramsés ordena que Janes e Jambres deem fim a nova praga, deixando-os tensos. Radina, Karoma e as mulheres do harém se coçam enlouquecidas com os piolhos. Henutmire diz que só Ramsés pode dar fim a praga. A princesa percebe que Hur e Leila não se coçam. Janes, Jambres, Paser e Simut explicam que não podem deter a praga, deixando Ramsés inconformado.

Judite e Ana estranham ao verem Tais, Meketre, Hori e Meryt se coçando. Apuki nota que está com piolhos e confessa para Jairo que o medo é maior que a raiva. Safira avisa Datã que precisa dar uma saída e causa desconfiança no marido. Eleazar, Itamar, Nadabe e Abiú comemoram a folga na obra.

Bina conta que morar com Safira é uma humilhação e cobra uma atitude de Corá, ameaçando-o. Arão diz para Oseias que não consegue entender como ele foi se apaixonar justo pela filha de Apuki. Moisés lembra saudoso da convivência com a família de Jetro.

Aoliabe se desculpa com Bezalel na frente de todos e o aceita como cunhado. Abigail fica surpresa ao receber a visita de Safira, que procura por Bak. Os filhos de Arão observam com atenção o pai contar sobre como a nova praga se manifestou. Judite pede que Joquebede e Miriã a ajudem com unguentos para curar a ferida dos egípcios.

Oseias se surpreende ao reencontrar Ana. Paser e Simut distribuem líquidos e repelentes aos moradores do palácio para aliviarem a coceira provocada pelos piolhos. Safira diz para Bak que o plano de Karen era viver com ele e o menino aproveita para questionar se a mãe chegou a falar sobre o pai dele.

Zelofeade, Aoliabe e Bezalel convencem Abigail a contar para Bak que ele é filho de Meketre. Moisés encontra um véu de Zípora e lembra do nascimento do primeiro filho do casal, condoendo-se de saudade da família. Ramsés pede que Janes e Jambres sumam ao perceber que as orações aos deuses não estão conseguindo dar fim aos piolhos. Corá avista um camponês carregando um cajado e avisa Yunet que o poder de Moisés vem do objeto, deixando-a surpresa.

 

Sexta-feira (11/09)

Yunet convence Corá a visitar os primos para saber mais sobre os segredos do cajado de Moisés.

Miriã e Joquebede preparam unguento para Judite passar em Apuki. Ana diz para Oseias que Meketre e Tais ficaram impressionados pelo fato dos hebreus não terem sido atingidos pelas pragas. Ana diz ainda que irá partir junto com os hebreus e deixa Oseias radiante.

Paser entrega um preparo para Chibale e Gahiji passar nas mãos e pernas e evitar a coceira causada pelos piolhos. Os cozinheiros ficam impressionados com o fato de Uri não ter sido atacado pelos piolhos e passam acreditar que a praga realmente tenha sido causada por Deus. Nefertari se irrita com a praga dos piolhos e diz que o responsável por isso deveria morrer queimado. Bak pressiona Safira para contar quem é o pai dele.

Abigail chega e conta a verdade para o garoto e diz que Meketre é o seu pai deixando o garoto espantado. Bak fica feliz ao saber que Hori e Meryt são seus irmãos. Abigail, Zelofeade e Karen têm uma conversa difícil com Bak e tentam explicar o motivo pelo qual Meketre não aceita o filho dele com Karen.

Triste, o garoto agradece a confiança de todos, mas não esconde o choro. Meketre e Tais ficam inconformados com a situação dos piolhos e dizem que somente o faraó pode resolver a situação. Safira enfrenta Ahmós mas o dono da Casa de Senet não se aguenta de tanta coceira e a deixa ir. Ramsés se rende à praga dos piolhos e deixa Nefertari admirada ao ver o marido de joelho no chão.

Corá vai até a casa de Joquebede e cínico, pede desculpas para a tia e Miriã. Moisés e Oseias conversam sobre o desespero que o povo egípcio tem passado com as pragas e sem saber, começa a treinar o sobrinho para ser seu sucessor. Nadabe, Abiú, Inês, Eleazar, Itamar e Calebe conversam satisfeitos sobre a situação dos egípcios com as pragas.

Arão e Eliseba conversam sobre Oseias e dizem que Num e Amália sentiriam orgulho do filho. Corá finge acreditar no poder de Deus e durante conversa com Joquebede e Miriã, se convence que o poder de Moisés vem do cajado. Oseias diz acreditar que Corá passa informações para os feitores e pede para Miriã e Joquebede tomar cuidado com ele.

Bezalel surpreende a todos ao dizer que parte do pagamento das joias que confeccionou será para o seu casamento com Deborah. Bina mais uma vez destila veneno contra a irmã Safira e diz que Ahmós jamais vai deixa-la em paz. Corá se encontra com Yunet e conta para a mãe de Nefertari que o poder de Moisés está mesmo no cajado. Deus fala novamente com Moisés e diz que a praga dos piolhos cessou.

A voz diz ainda que o coração de Ramsés continua endurecido e pede que Moisés vá novamente ao encontro do faraó. Os egípcios ficam aliviados com o final da praga dos piolhos. Henutmire procura Paser e diz que está preocupada com o ego de Ramsés. Paser pede à princesa tentar falar com o faraó.

Ikeni anuncia a Ramsés a chegada de Moisés. Radina fica encantada com a presença do pastor. Leila diz a Gahiji que o faraó deve libertar os hebreus a qualquer preço. Chibale faz uma visita a Bezalel e conta para o amigo as dificuldades que os egípcios têm passado desde que as pragas começaram. Meketre se surpreende com a visita de Bak. O rapaz é recebido com festa por Hori, Meryt e Tais, mas deixa Meketre assustado com a visita repentina.

Henutmire vai até o quarto de Nefertari e diz que precisam conversar. A princesa tenta convencer a falar com o faraó e deixa Nefertari irritada. Moisés pede mais uma vez a Ramsés que liberte o seu povo, caso contrário o reino será invadido por moscas. O faraó ri da cara de Moisés e diz que não irá ceder. Os dois têm um momento de nostalgia e conversam amigavelmente. Ramsés, no entanto, diz para Moisés que se ele não parar com as pregas, que será obrigado a mata-lo.

 

Os capítulos podem sofrer alteração sem aviso prévio pela emissora. 

Me siga no Twitter:  sigaberaldo

Record coloca na geladeira programa vespertino de Celso Russomano

direitos-patrulha-do-consumidor

A Record engavetou por tempo indeterminado o retorno do programa ”Patrulha do Consumidor”. O quadro que pertenceu ao extinto ”Programa da Tarde”- ganharia vida própria com apresentação de Celso Russomano, na faixa das 16h15 para elevar o ibope das novelas que até o presente momento estão patinando.

Segundo fontes, a agenda do deputado pelo PRB impediu dele assumir uma atração diária e ao vivo. A Record continuará apostando nos folhetins, porém, Dona Xepa deve ser reduzida pelos resultados pífios alcançados.

Me siga no Twitter:  sigaberaldo

 

Corta Dona Xepa: Rezende está irritado com novela da Record

625_315_1439367696Marcelo_Rezende_Cidade_Alerta (2) (1)Marcelo Rezende nunca foi fã da novela ”Dona Xepa”. Quando a trama foi exibida à noite, o GC (Gerador de Caracteres) dizia: ‘Dona Xepa, estreia dia 21 de maio’. Em tom de ironia, porém, bravo o apresentador mandou tirar os dizeres da tela. Passado o episódio, Ângela Leal atriz que deu vida a personagem foi ao policial e colocaram um ponto final na história.

A emissora numa estratégia ‘equivocada’ colocou ‘Xepa’ antes do ‘Cidade Alerta’. O destino foi cruel com Rezende, o noticiário está recebendo entre 1 e 2 pontos o que anda prejudicando a média. Ontem, apostando em fofocas de famosos por mais de 40 minutos chegou a 8 pontos. 

Nos bastidores, Rezende está irritado e incomodando pelo fato de começar em alguns dias empatado com a TV Gazeta, TV Cultura e RedeTV!. Remando contra a maré, ele chega aos 5 pontos após as 18h. 

A Record deve encurtar ou tirar Dona Xepa do ar, para alegria de Rezende e tristeza da concorrência. 

Me siga no Twitter:  sigaberaldo