Resumo da Novela: ”A Terra Prometida”: capítulos de 25 a 29 de julho

aterraprometida-grande

 

Capitulo 015, segunda-feira, 25 de julho – Salmon tira Melquias de cima de Raabe. Ela lamenta a atitude do hebreu. O ex noivo de Jessica dá um sermão em Melquias. Tirda conhece a família de Haniel. O líder tribal diz não sentir falta de companhia. Samara implica com Aruna e elas discutem. Melquias diz que Salmon está interessado em Raabe. Quemuel fica indignado ao presenciar Samara dando um tapa na cara de Aruna. Ele manda a filha de criação revidar o golpe. Aruna se recusa e diz que uma agressão não justifica a outra. Quemuel se queixa com Léia, que finge estar preocupada. Josué conversa com Aruna e mostra os mapas dos campos de batalha. Ioná tenta consolar a dor da amiga. Léia aconselha Samara a fingir gostar de Aruna para conseguir ataca-la no momento certo. Ioná e Elói falam do impasse entre Josué, Samara e Aruna. Dissimulada, a filha de Léia finge tratar bem a irmã de criação. Haniel diz que aceita casar-se com Tirda. Em conversa com Raabe, Salmon pede desculpas pela atitude de Melquias. Jessica tenta acalmar Lila. Raabe diz ter fé no Deus dos hebreus. Preso no templo do palácio, Nobá suplica por ajuda. Orias discute com Milah e agride a esposa. Inês diz que Tirda só poderá ficar na tenda de Haniel depois do casamento. A moça diz ter medo de Haniel querer uma criada. Marek diz que Tibar deve relaxar para conseguir encontrar os hebreus fugitivos. O comandante vai se divertir na estalagem de Farduk. Salmon arma um plano para entrar no palácio disfarçado de nobre. Tibar diz que Raabe não conseguira salvar Nobá. Salmon pede ajuda à prostituta. Ele entra em um quarto da estalagem e ataca um guerreiro de Hai. Raabe ajuda a colocar uma barba postiça em Melquias. Ele diz que Salmon tem uma noiva fora de Jericó. Disfarçados de nobres de Hai, Salmon e Melquias caminham em direção ao palácio. Raabe segue logo atrás. No acampamento hebreu, algumas mulheres comentam sobre o novo casamento que vai acontecer. Samara diz que Aruna não tem roupa para ir à festa. Noemi pergunta se Josué pretende se casar um dia. Calebe diz que o líder hebreu tem outras prioridades. Aruna se recorda do momento em que dançou para Josué. Ioná pergunta até quando a moça esconderá a paixão pelo líder hebreu. 

Capitulo 016, terça-feira, 26 de julho – Sem ser notada, Samara escuta Aruna e Ioná conversando sobre Ana, a ex-esposa de Josué. A vilã comenta com Léia que tem um novo plano para conquistar seu amado. Ela pega informações sobre Ana com Inês. Ioná incentiva Elói a ver a luz do dia. Josué, Eleazar e Calebe falam sobre a situação dos espiões. Jéssica esconde de Lila a preocupação por Salmon. Gibar chama Elói de traidor e Aruna defende o criado. Disfarçados de nobres da cidade de Hai, Salmon e Melquias entram no palácio. Raabe se revolta ao ver que Milah foi agredida por Orias. Maquir rouba um beijo de Livana. Aruna tenta apoiar Ioná. Salmon e Melquias decidem se separar para investigar o interior do palácio. Enquanto leva Nobá de volta à cela, Grok e o menino cruzam com Melquias no corredor. Ioná diz que fará um vestido especialmente para Aruna. Melquias avista uma sala e decide entrar para averiguar. Ele sai por uma janela e caminha na parede externa do palácio. O hebreu se esgueira até chegar à outra janela. Melquias entra na outra sala e tenta abrir um baú. Ele se assusta ao perceber que alguém está entrando. Josué se lembra do momento em que viu Aruna cantar. Samara mexe nas coisas de seu amado e encontra alguns pertences de Ana. Escondido, Melquias observa a quantidade de riquezas que o rei guarda no baú e tenta fugir pela parede externa do palácio. Ele acaba sendo visto por Kadmo e Grok. Alguns soldados começam a atirar flechas próximas ao hebreu. Samara conta que encontrou os pertences de Ana. A vilã diz para sua mãe que se vestirá como uma rainha para conquistar Josué. Léia tenta convencer Quemuel a comprar roupas caras para a filha. Enquanto caminha explorando o palácio, Salmon se surpreende ao ver a aproximação de Kalesi. A rainha nota a presença do novo nobre e elogia sua beleza. Ela convida Salmon para ser seu acompanhante enquanto assiste a uma luta. Desesperado, Melquias decide se entregar a Kadmo. Kalesi chega com Salmon à sala do trono. Marek repara no rapaz, mas não dá a menor atenção, pensando se tratar de mais um nobre de Hai. Tibar chega e avisa que o hebreu fugitivo foi recapturado. Marek ordena que comece o combate entre os gladiadores. Salmon disfarça e se afasta da rainha. Muralha conversa com Zuma e diz não querer mata-lo. O confronto começa. Salmon aproveita o momento de distração geral e tenta se aproximar da porta de saída. Tibar o vê. Zuma acerta um golpe em Muralha. Salmon refaz seu caminho e segue na direção do rei. Marek faz um gesto autorizando a morte de Muralha. Zuma dá um golpe fatal no oponente. Os nobres começam a aplaudir. Salmon percebe a movimentação dos oficiais e, rapidamente, puxa Kalesi para si. Ele imobiliza a rainha e a ameaça colocando uma faca em seu pescoço. Kalesi põe a mão no cabelo e puxa um adorno em forma de serpente. Ela espeta Salmon na perna e consegue fugir. Tibar e outros soldados acabam imobilizando o hebreu. Marek pensa na melhor maneira de matar Salmon e Melquias. Os espiões são presos com Zuma. Gibar provoca Aruna. Iru e Tobias se estranham durante o treinamento com espada. Maquir olha para Livana e ela vai ao seu encontro. Lila aconselha Otniel a se declarar para Acsa. Aruna fica sem graça ao ser elogiada por Josué. Elói também elogia a conduta da moça. Ioná diz que o líder hebreu está apaixonado por Aruna. Tibar encontra Acã e diz que matará Melquias. Desesperado, o vilão da tribo Judá implora pela vida do filho. O comandante de Jericó o chantageia. Tibar avisa que Acã precisará matar Josué. 

Capitulo 017, quarta-feira, 27 de julho – Tibar entrega uma erva venenosa para que Acã mate Josué. Maquir propõe um pacto de fidelidade à Livana. Otniel toma coragem e convida Acsa para acompanha-lo no casamento de Haniel. Ela o surpreendo ao aceitar o convite. Gibar questiona a resposta da moça. Acsa diz que vai explicar sua atitude. Calebe diz estar preocupado com Iru. Em conversa com Gibar e Jessica, Acsa diz que se divertirá às custas de Otniel. Inês explica para Livana sobre os perigos do envolvimento entre pessoas de tribos diferentes. Na praça do mercado, Acã diz estar preocupado com o filho e critica Josué. Calebe avisa ao líder hebreu sobre os murmurinhos e Josué manda reunir os chefes de todas as tribos. Raabe chora ao descobrir que os espiões hebreus foram capturados. Elói não gosta de saber que Samara está fazendo seu trabalho. Ele retorna à tenda de Josué e o guerreiro dispensa a ajuda da moça. A vilã se incomoda ao ver o vestido de Aruna. Tirda se mostra insegura com o casamento, mas Inês a incentiva. Adélia se diverte com a disputa entre Isaque e Temá. Neziá deixa cair uma lágrima ao ver que foi rejeitada. Sama repara em Ruth elogiando Boã. Na masmorra do palácio, Salmon diz estar honrado em conhecer Zuma. Samara decide levar uma cabra para dar um passeio. Léia vai até a tenda de Elias e encomenda um belo vestido para a filha. Samara coloca a cabra para deitar-se em cima do vestido de Aruna. Raabe se revolta com a maneira como Orias trata Milah. Josué defende Elói na presença dos líderes tribais. Raabe tenta se conter ao ouvir Tibar dizendo que os espiões hebreus morrerão queimados. Na cela, Salmon arma um plano com Zuma e Melquias. Eles fingem brigar para chamar a atenção. Grok e outros soldados acabam caindo na armadilha. Acã aproveita o discurso de Josué e coloca o veneno em uma taça. Aruna se desespera ao ver seu vestido destruído pela cabra. Elói serve a taça envenenada a Josué. Samara finge consolar Aruna. Josué levanta sua taça para fazer um brinde. Otniel acaba esbarrando no guerreiro por acidente e deixa a bebida cair. Acã se enfurece. Melquias, Salmon e Zuma lutam e conseguem levar a melhor sobre Grok e os soldados. Eles pegam as chaves das celas e soltam Nobá e os outros prisioneiros. O irmão de Raabe segue em uma direção com Zuma enquanto Salmon e Melquias seguem em outra. Marek ordena que Tibar invada todas as casas da cidade em busca dos fugitivos. Gibar estranha o comportamento de Acã. O vilão decide conversar com Josué. Ele confessa que Tibar mandou mata-lo em troca da vida de Melquias. O líder hebreu pede para Elói chamar os chefes tribais. Salmon e Melquias fogem pelas ruas de Jericó. Zuma consegue ajudar Nobá a fugir, mas acaba sendo capturado por Tibar. Acã implora a Josué pela vida de Melquias. Desesperado, o vilão chora. 

Capitulo 018, quinta-feira, 28 de julho – Desesperado, Acã chora preocupado com Melquias. Acsa finge gostar do convite feito por Otniel. Envergonhada, Tirda janta com a família de Haniel. Eleazar diz que o líder da tribo Manassés deve conquistar sua futura noiva. Calebe e Noemi pedem para Acsa não magoar Otniel. Ioná diz que ajudará Aruna a se vestir para o casamento. Kadmo prende Grok na masmorra. O carcereiro se apavora ao ver Zuma no interior da cela. Raabe se emociona ao reencontrar Nobá. Ela leva o irmão para se esconder na estalagem. Salmon e Melquias trocam de roupas com dois mendigos. Liora vai para o quarto com um cliente e estranha o barulho vindo de um baú. Ela encontra dois nobres de Hai presos e amordaçados. Os cananeus esbravejam e saem para chamar Tibar. Raabe corre e manda Nobá se esconder em outro lugar. O menino se esconde em um buraco na muralha de Jericó. Aruna suspira ao lembrar de Josué. Eleazar diz que o líder hebreu deve encontrar um novo amor. Elói chega e diz que o vestido de Aruna foi destruído. Josué manda o criado comprar uma nova roupa para ela. Mara conta para Ioná que Elói comprou um vestido na tenda de Elias. Tirda se sente frustrada ao ouvir Haniel dizendo quais serão suas obrigações. Nobá permanece escondido em um buraco na muralha. Milah se emociona ao saber que Raabe encontrou o irmão. Marek se enfurece ao ouvir Tibar dizendo que não encontrou os espiões hebreus. Disfarçados de mendigos, Salmon e Melquias vão até a casa de Raabe. Jessica se arrepende por ter feito Salmon escolher entre ela e a missão. Tibar e outros oficiais seguem na busca aos hebreus. Elói vai até a tenda de Quemuel e entrega o vestido para Aruna. Com ódio, Samara se lamenta com Léia. A vilã diz que será a mais bela da festa. Aruna procura Josué. Orias esbraveja ao descobrir que os homens em sua casa são os espiões hebreus. Todos se apavoram ao ouvir Tibar bater na porta. Aruna agradece o presente. Elói elogia a moça. Raabe esconde Salmon e Melquias no terraço de sua casa. Tibar e os soldados revistam a casa de Orias. Kadmo manda alguns oficias procurarem os espiões pela cidade. Tibar decide procurar no terraço. Os mendigos vestidos de nobres são detidos. Salmon e Melquias se apavoram ao notar a aproximação de Tibar. 

Capitulo 019, sexta-feira, 29 de julho – Tibar espeta Melquias com uma lança e o hebreu leva a mão à boca para não gritar. Antes que o comandante pudesse espetar Salmon, Kadmo chega e avisa que prenderam os espiões hebreus. Raabe agradece a Deus. Ela e Salmon cuidam do ferimento de Melquias. O ex-noivo de Jessica diz que eles serão fies à Raabe. Alguns bandidos beduínos do deserto observam o acampamento dos hebreus. Ioná e Elói riem do mau humor de Mara. Calebe estranha o fato de Josué comentar sobre Ana. Setur conversa com Boã e diz que ter duas mulheres sob o mesmo teto pode trazer problemas. Os bandidos beduínos se aproximam do acampamento. Raabe ajuda os espias a fugirem pela Janela. Salmon diz que voltará para busca-la no dia da invasão dos hebreus. Mas para isso, ele pede para Raabe prender uma corda vermelha na janela. Melquias sente medo ao descer preso pela corda. Antes de deixar a casa de Orias, Salmon beija Raabe. O hebreu fica nervoso quando percebe que a corda está quase arrebentando. Tibar se enfurece ao perceber que os mendigos não são os espiões. Salmon e Melquias conseguem descer da casa de Raabe. Paltiel, Setur e Boã são atacados pelos bandidos do deserto, que roubam grande quantidade de armas. Josué é avisado sobre o ataque. Um pequeno exército de hebreus segue em direção aos ladrões. As hebreias ajudam Tirda a se preparar para o casamento com Haniel. A moça conversa com Livana e diz estar insegura. Maquir e Gael dão um banho forçado em Haniel. Otniel acredita no fingimento de Acsa. Adélia diz que dançará com Isaque e Temá, caso um deles dancem com Neziá. Melquias sofre com o ferimento e Salmon o carrega na fuga pelo deserto. Raabe ora ao Deus de Israel. Merodaque avisa que os deuses estão furiosos devido ao sacrifício interrompido. Nobá se esconde nas ruas de Jericó. Os hebreus conseguem alcançar os beduínos e os derrotam. Começa o cortejo de casamento com Haniel à frente. Inês encoraja Tirda. Haniel fica tenso com a demora da noiva. Ao ver Tirda se aproximar, ele se impressiona com a beleza da moça. O líder tribal coloca uma guirlanda sobre a cabeça da moça e eles seguem à frente do cortejo. Laila e Elidade dizem ter arrumado um pretendente para Livana. Samara e Léia humilham Aruna. Otniel chega para buscar Acsa. Samara aparece cheia de ouros e adornos. Josué conversa com Eleazar e nega estar apaixonado por Aruna. Salmon e Melquias se abrigam em uma caverna no deserto. Eles falam sobre o comentário de Tibar dizendo existir um informante entre os hebreus. Josué se encanta ao ver Aruna chegar na cerimônia. Ele anda em direção à família de Quemuel e nem olha para Samara com seu vestido exagerado. O guerreiro diz que Aruna está linda. Léia e Samara ficam inconformadas.

Colabore com o Portal 4, saiba mais clicando aqui. 

Me siga no Twitter: @sigaberaldo

Esse post foi publicado em A Terra Prometida, Próximos Capítulos, Resumo das Novelas e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s